pelo espírito Eugênia.

Medo de ser feliz: seu problema.
Não defenda o sistema de vícios culturais; rebele-se, não para infringir normas, mas para superar preconceitos, a começar do maior de todos: que não se pode focar e trabalhar por conquistar a felicidade, o bem estar íntimo, a paz de consciência, que nos conduzem a todos os outros resultados de excelência na vida.

O que sua alma lhe pede agora? Mais tempo com a família? Mais energia para a vocação? Mais empenho em atividades espirituais? O que o leva a crer que não deva investir nisto tudo para já? Que justificativa há para adiar o fundamental? Que moral respalda negligenciar entes queridos, a voz da consciência e do ideal e o serviço a Deus?

Comece hoje, comece agora. Não procrastine mais o que não pode ser protelado. A vida não espera: é urgente. A felicidade não é uma meta; é um padrão – viva-o, ou não estará vivo, mas tão-somente existirá, sob efeito de automatismos tirânicos, destrutivos, malévolos, infelizes!!!…

(Texto psicografado pelo médium Benjamin Teixeira, em 23 de maio de 2006. Revisão de Delano Mothé.)