“O pertencimento – fazer parte de um grupo – é a primeira grande necessidade espiritual humana, já existente em comunidades tribais, no passado remoto da espécie.

Evolui da identificação com o clã para o comprometimento com segmentos sociais amplos, como os de profissão e religião, até alcançar o plano nacional.

Na Terra da atualidade, vive-se o desafio coletivo do salto para o envolvimento pessoal e coletivo com valores, ideias, propósitos, organizações e movimentos de caráter internacional, global, como bem o revelam a causa ecológica, de vital importância para a sobrevivência da civilização terrena, e a derrubada de muralhas econômicas e culturais que impedem a adesão de milhões à ‘Era da informação e do conhecimento’.

Imprescindível, porém, ir mais além. O dogmatismo religioso, por um lado (com seus delírios de fanatismo proselitista e, amiúde, terrorista), e a estreiteza castradora da ciência materialista, cínica e niilista, de outro (com sua campanha por fomentar a indiferença e o desespero em miríades de corações sensíveis), estrangulam a humanidade do orbe, numa encruzilhada histórica de crítica relevância para a definição de rumos ao porvir.

O progresso e o bem-estar do ser humano, da esfera planetária à individual, serão inviáveis sem a capacidade de se seguir para além do sentido de pertencimento rasteiro com o ‘meu’ e o ‘nosso’ – que necessariamente se contrapõem ao ‘seu’ e ao ‘deles’. Inadiável a identificação, em larga escala, com objetivos e atitudes que condigam com os interesses e o bem de TODOS.

Chegou a época grave de se dar um salto conceitual e comportamental: da experiência do pertencimento para a da transcendência, sem as abstrações tipicamente associadas a esse termo… porque, em virtude do grau de integração entre povos e pessoas atualmente alcançado com a tecnologia disponível e o sistema econômico em vigor, ou se fomenta o bem de toda a humanidade… ou ela, por inteiro, será precipitada no abismo da autodestruição!…”

MARIA SANTÍSSIMA
Intermediação do Espírito Eugênia-Aspásia
Médium: Benjamin Teixeira de Aguiar
3 de janeiro de 2015

Veja outras Mensagens de MARIA SANTÍSSIMA