“Quando Jesus disse: ‘Eu e o Pai somos Um’, apresentou-Se como Figura Arquetípica da Paternidade Divina, simbolizando, de modo antropomórfico, a Face Paternal do Criador.

Foi o Cristo da Verdade que propôs o tratamento íntimo de ‘Pai’ para Deus, antes apresentado como o temível, iracundo e instável Javé, dentro da mitologia complexa da Bíblia, que demanda muito critério de exegese, para que não se façam interpretações sacrílegas em relação ao Que ou a Quem SEJA o Ser Supremo.

Em Jesus, o Paradigma Máximo de plenitude humana: a firmeza geminada à afabilidade; o espírito de extrema humildade consorciado à completa consciência do Próprio Valor; o serviço integral ao bem comum, em composição perfeita com a liderança segura e incomparável.

N’Ele, o Alfa e o Ômega da Criação na Terra, o Homem por excelência, o Pai coletivo e espiritual a Quem todos podem se dirigir, com confiança e abertura incondicionais.”

MARIA SANTÍSSIMA
conforme tradução do Espírito Eugênia-Aspásia
Médium: Benjamin Teixeira de Aguiar
 09 de agosto de 2014

Veja outras Mensagens de MARIA SANTÍSSIMA