Jesus é a Voz da Verdade para a civilização terrena, desde Sua descida ao domínio físico de existência – assim dizendo apenas para fins pragmáticos, sem nos remontarmos às tradições arquimilenares da Direção Excelsa que, do plano extrafísico de vida, Ele exerce sobre os processos evolutivos do planeta.

Nosso Senhor e Sua Mãe Crística – a Quem, do alto da cruz, Ele confiou a humanidade, simbolizada em João Evangelista – têm Seus(Suas) representantes reencarnados(as), que traduzem, para o potencial de assimilação cognitiva de cada povo e época, o conteúdo geral de Sua principiologia.

Respeite-Os, se não puder compreendê-l’Os. Em termos práticos, esse respeito é devido também a Seus(Suas) epígonos(as) genuínos(as), porquanto, conforme Ele mesmo afirmou, o que se fizesse a um(a) de Seus(Suas) discípulos(as), ainda que parecessem pequeninos(as) aos olhos do mundo, a Ele o estariam fazendo.1

O Logos Encarnado alertou, por outro lado, que haveria falsos cristos e falsos(as) profetas(isas). Como identificá-los(as)? “A boca fala do que o coração está cheio”2, asseverou, outrossim, o próprio Mestre Supremo.

Discursos que contradigam o sentido de autenticidade, fraternidade e desapego a assuntos materiais, descambando, pois, para a pseudo-humildade e hipocrisia do dogmatismo religioso, para a atitude preconceituosa contra minorias ou classes oprimidas e para a fixação em padrões convencionais de prestígio, poder e posses, jamais provirão de instituições ou indivíduos que estejam em sintonia ou a serviço do Cristo-Verbo e de Quem Ele é Porta-Voz perpétuo para este orbe: a Divindade.

Alinhe-se com o Espírito da Verdade, quanto permitam suas limitações humanas, mas faça-o sincera, ardorosa e persistentemente, ou os gênios da mentira, em sua polifacética e diabólica criatividade, engendrar-lhe-ão, até mesmo em áreas existenciais onde você ilusoriamente julga haver solo firme de segurança, precipícios de destino desgraçados… quer você acredite ou não nestas nossas palavras (que constituem aviso amigo, embora toldado de gravidade profunda), porque a Realidade Divina e Suas Leis, como as leis da física, não esperam concordância de ninguém para existirem e atuarem sobre criaturas, situações ou linhas de eventos.

Benjamin Teixeira de Aguiar (médium)
Matheus-Anacleto (Espírito)
LaGrange, Nova York, EUA
20 de março de 2022

1. Mateus 25:40.
2. Mateus 12:34.