invernos-da-vida-e-o-poder-em-voce

Você pode estar se sentindo como esta árvore: sem folhas, flores ou frutos. Olhando para ela, alguém poderia imaginar (se não soubesse tratar-se o fenômeno de um ciclo natural das partes mais frias das regiões temperadas do planeta) que ela está morta para sempre…

Assim como os invernos da Vida passam, e chegam inelutavelmente as primaveras da existência, você, apesar da invernia cíclica da condição humana que ora atravessa, voltará a exibir o verdor (folhas) da motivação, a enxergar a beleza e o encanto das oportunidades em todas as áreas de sua ação no mundo (flores), a empenhar-se nas realizações pelo seu e pelo bem de seus semelhantes (frutos).

Entretanto, esteja alerta para colaborar com o processo, porque você é um ser humano e não um vegetal. Logo, a metáfora acima auxilia, numa reflexão inicial, mas é pobre para englobar toda a complexidade dos desafios evolutivos humanos. Numa perspectiva mais realista, o indivíduo deve se mobilizar no sentido de começar a descobrir essas folhas, flores e frutos, dentro de si, para oferecê-los ao mundo, ainda que pobre e palidamente, nas primeiras etapas da renovação dos próprios caminhos. É com iniciativa, criatividade e esforço contínuo, responsabilizando-se plenamente por si mesmo(a), que você favorecerá renascimentos existenciais… fazendo o que pode de melhor, no contexto de cada situação em que esteja inserido(a).

Recorde-se de JESUS amaldiçoando a figueira por estar sem figos, fora da época de dar figos… O Cristo expendia uma dramática apologia da liberdade humana para ser e agir, independentemente de fatores externos. Aja, com decisão, disciplina e persistência, pelo bem e melhoria do quadro existencial menos feliz em que se encontra, a partir de agora mesmo, sem esperar estações especiais de disposição, circunstâncias ideais afetivas ou financeiras, ensejos ou recursos miraculosos que apareçam do nada, sem trabalho ou merecimento.

Como diria o compositor Geraldo Vandré, num hino de esperança de uma geração: “Vem, vamos embora, que esperar não é saber… Quem sabe faz a hora, não espera acontecer!”

Benjamin Teixeira de Aguiar e Amigos Espirituais New Fairfield, Connecticut, EUA 11 de janeiro de 2017



Colabore com a divulgação das Mensagens da Espiritualidade Maior que, em Sua abordagem voltada para as necessidades e aspirações do homem e mulher da atualidade, alcança hoje milhões de pessoas, em mais de 130 países!