1) Gays enrustidos.

2) Mulheres que desejam controlar homens pela sedução, sem nunca os amarem.

3) Maus caracteres, que encontram sua única “virtude” no fato de portarem heterossexualidade, condição que, tanto quanto a homossexualidade, reflete apenas uma natureza psico-orgânica e não um valor moral.

4) Pessoas ignorantes e perversas que no passado perseguiram mulheres, negros e estrangeiros, mas que agora, como isso não é mais possível, atacam o último “bode expiatório” do preconceito: a comunidade LGBT.

Benjamin Teixeira de Aguiar
pelo Espírito ANACLETO.
Texto recebido em 04.02.2013.