“Derive do amor a sua fé, e ela será inquebrantável.

A razão, indiscutivelmente, deve auxiliar no estabelecimento das bases para suas convicções espirituais, ou elas se converterão em certezas fanáticas ou tão só se diluirão como contos da carochinha ante o clarão da ciência.

O amor é um fenômeno absoluto e transcendente. Pais e mães maduros intuem, por exemplo, que não podem restringir a meras ocorrências bioeletroquímicas no cérebro todo o gigantismo e profundidade dos sentimentos por seus filhos, ainda que reconheçam, quando informados, o valor e o peso das trocas moleculares e elétricas no seio da máquina encefálica.

De igual modo, o amor que consagramos a Deus e, mormente, o Amor perceptível do(a) Criador(a) para conosco e para com Sua Criação, como Um Todo, constituem Algo indefinível e transcendental, intraduzível na paupérrima linguagem humana… Manifestam-se com um caráter de realismo sereno que leva devotos(as) lúcidos(as) e veteranos(as) a rirem-se tranquilamente dos sofismas e estratagemas teóricos de quem elabora muito pelo intelecto acerca do que é substância e assunto do afeto, do espírito, da intuição, de uma lógica supracomplexa que ofusca a complicação simplista dos negadores da existência do Divino, preocupados em inteligir o que é para sentir, tomados pelo paradigma tosco de que sofisticação intelectual exclui poesia, música, deslumbramento, êxtase, esperança, amizade e amor… Deus e Eternidade!…”

MARIA
Intermediação do Espírito Eugênia-Aspásia
Médium: Benjamin Teixeira de Aguiar
6 de junho de 2015

Confira outras mensagens de MARIA SANTÍSSIMA