Sejamos um pouco mais estoicos nas manifestações de nós mesmos.

Nunca é excessivo nos empenharmos um pouco mais no trabalho por expandir o bem comum, no estudo das questões eternas do Espírito e na oração e meditação com intuito de haurirmos força e inspiração para a escolha dos melhores caminhos existenciais e para a persistência neles.

Numa cultura que exagera o sentido e a busca do prazer, posturas de maior ponderação, responsabilidade e consciência necessariamente redundarão benéficas, favorecendo o equilíbrio e atitudes mais construtivas e sábias, com implicações positivas de ganho para nós próprios, nossos entes queridos e quantos estejam dentro de nosso raio de influência pessoal.

Espírito Gustavo Henrique.
Médium: Benjamin Teixeira de Aguiar.
31 de março de 2015.