Benjamin Teixeira
pelo espírito Eugênia.

Eugênia, aproveitando o ensejo do evento beneficente em homenagem a Franz Schubert, em Aracaju, embora saibamos que a música – e a arte de uma forma geral – do Plano Superior sejam muito mais profundas, elaboradas e elevadas que as artes do plano físico de Vida, podemos dizer que grandes gênios da música clássica e mesmo da música popular seriam enviados do Plano Maior, para fomentar a evolução das coletividades, aquilo que chamamos de “missionários”?

Indubitavelmente. Schubert é um claro exemplo dessa categoria de grandes espíritos reencarnados na Terra, com função específica de estimular o progresso das multidões. A sua “Ave-Maria”, no correr dos séculos, tem inspirado corações, elevado almas e transformado vidas, ao emular pensamentos de alto nível, como esperança, fé e até mesmo sentimentos de amor, pela identificação subliminar sugerida pelo tema da música: a Mãe de Jesus. Não foram poucos os milhares de almas que foram resgatadas da aduana da loucura, do suicídio e outros desatinos, pela sua inspiração subida. É, portanto, uma obra de mérito incomensurável.

Eventos desta natureza contam com proteção da Espiritualidade Superior, para aqueles que vão com espírito de reverência pela música clássica?

Disse bem: “para aqueles que vão com espírito de reverência”, pois que muitos ainda posam, nesses eventos, com ares de “cultos” e “sofisticados”, em verdade abominando o que vão presenciar. Para esses, que desfilam para ser vistos e não para deleitar-se com o a que vão assistir, não há nenhum benefício. Para aqueles que, todavia, comparecem imbuídos do espírito de amor pelo belo, muito próximo do amor pelo bem e pela verdade, há uma efetiva assistência, a fim de que sejam inspirados com sentimentos bons.

Poderia deixar mais claro que seria esse processo de inspiração?

Basicamente, ocorre um processo de pacificação e reequilíbrio das ondas mentais, conturbadas pelo estresse da vida cotidiana moderna.

Quem são esses espíritos do Plano Maior, que inspiram sentimentos elevados?

Técnicos abalizados em ministramento do que, no meio espírita, denomina-se de “passes”. Organizam as energias e a atmosfera mental de indivíduos que estejam turbilhonados por aflições, pressões, ansiedades, angústias, depressões, etc.

Entendido. Mais algo deseja acrescentar a esse assunto?

Não, satisfeita.

(Diálogo mediúnico travado em 13 de abril de 2004.)