De Nova York, respondendo a perguntas – palestra de Benjamin Teixeira de Aguiar (03/10/21)

Links citados:

Discurso histórico do senador Fabiano Contarato na CPI da pandemia
Manifestações dos senadores Rogério Carvalho e Otto Alencar na CPI da pandemia

Temas destacados:

– CPI da Covid-19, manifestações dos senadores Rogério Carvalho e Otto Alencar, indignação justa e discurso histórico do senador Fabiano Contarato
– Combate à LGBTfobia, fundamentalismo religioso, abominações proferidas em nome de Jesus, indução a suicídios, horror, maldade e hipocrisias inaceitáveis
– Apocalipse iminente, questões geopolíticas e sanitárias perigosas
– Ateísmo, ataques diabólicos à Igreja Católica, iconoclastia irresponsável e crimes de intolerância religiosa
– Jesus, Ira Sagrada, defesa de minorias, autenticidade, amor e abominação de hipocrisias
– Repúdio a todas as formas de opressão, postura malevolente de pais e mães que atacam filhos(as) LGBTs, absurdo da condenação da masturbação por religiosos(as) e consequências cármicas
– Preocupação com o bem comum, defesa da vida humana e de todas as causas minoritárias
– Posicionamentos firmes em eras críticas: importância e necessidade
– Declaração pública da própria orientação sexual, coragem, autenticidade e serviço ao bem
– Existência do mal, lei de retorno, consciência, sintonia, Misericórdia e Justiça Divinas

Personalidades citadas:

– Alfred Kingsey
– Allan Kardec
– Barack Obama
– Bill Wilson
– Buda
– Carl Gustav Jung
– Chico Xavier
– Dr. Sérgio Felipe
– Fabiano Contarato
– José de Arimateia
– Pôncio Pilatos
– Madre Teresa de Calcutá
– Mahatma Gandhi
– Martin Luther King Jr.
– Nicodemos
– Omar Aziz
– Otto Alencar
– Peter Drucker
– Rogério Carvalho
– São Francisco de Assis

Passagens dos Evangelhos clássicos:

– “Não vim trazer a paz, mas a espada.” (Mateus 10։34)
– “Quando chegar num lar, colocarei dois(duas) contra três e três contra dois(duas).” (Lucas 12։52)
– “Haverá falsos cristos e falsos(as) profetas(isas).” (Marcos 13։22)
– “E a ninguém chameis de pai sobre a Terra, porque um só é vosso Pai, aquele que está nos Céus.” (Mateus 23։9)
– “Em seguida, dirigiu-se a todos(as): Se alguém quer vir após mim, renegue-se a si mesmo(a), tome cada dia a sua cruz e siga-me.” (Lucas 9։23)
– “E todo(a) aquele(a) que por minha causa deixar irmãos(ãs), pai, mãe, mulher(homem), filhos(as), terras ou casa receberá o cêntuplo e possuirá a vida eterna.” (Mateus 19։29)
– “Por isso te digo: seus numerosos pecados lhe foram perdoados, porque ela tem demonstrado muito amor.” (Lucas 7։47)
– “Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha casa. Dizei uma só palavra e meu servo será curado.” (Mateus 8։8)
– “Sepulcros caiados, brancos(as) por fora, cheios(as) de podridão e rapina por dentro.” (Mateus 23։27)
– “Raça de víboras, maus(más) como sois, como podeis dizer coisas boas? Porque a boca fala do que lhe transborda do coração.” (Mateus 12։34)
– “Recebestes de graça, de graça dai. (…) O(a) trabalhador(a) é digno(a) do seu salário.” (Mateus 10։8 e 10)
– “São cegos(as) e guias de cegos(as). Ora, se um(a) cego(a) conduz a outro(a), tombarão ambos(as) na mesma vala.” (Mateus 15։14)
– “Mulher, eis aí teu filho; filho, eis aí tua mãe.” (João 19։26-27)

Seções:

Apresentação (0:00)
“Depressivo(a) e sem gosto para viver? ” (videomensagem) (2:11)
Palestra de Benjamin Teixeira de Aguiar (4:03)
“O paradoxo da mortalidade, no contexto da imortalidade” (videomensagem) (1:58:15)
Nota da jornalista Thaïs Bezerra (2:03:22)