Leia na íntegra: Tragicomédia da fixação no amor romântico – parte 1.