Banners de sabedoria

18 de agosto de 2019
 

Corações enfermos

Corações enfermos

Todos(as) nós que jazemos adstritos(as) no circuito consciencial estreito das recapitulações existenciais, no campo de matéria densa, trazemos, no peito d’alma, a chaga de corações enfermiços, normalmente mirrados, quebrados e tortos.

Que avancemos, sobranceiros(as), em direção ao fanal luzidio da fraternidade universal, aplicada no cotidiano e em todas as nossas esferas de ação, para que o amor nos expanda os corações, integre-os e endireite-os, ano sobre ano, século sobre século, até alcançarmos o Ideal da angelitude que nos aguarda na Eternidade.

Gustavo Henrique (Espírito)
Benjamin Teixeira de Aguiar (médium)
18 de junho de 2019




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: