Espírito Eugênia-Aspásia

5 de dezembro de 2018
 

Obtendo (ou perdendo) a proteção especial do Anjo Sophia

47094257_1851708611660797_7246043821912358912_n

Sophia apareceu radiosa, serena e sábia, como de habitual, e afirmou, sucinta, numa breve reunião com nosso grupo de assistentes, que auxiliaria, de modo especial, uma integrante da instituição que Ela dirige, como Guia Espiritual, no plano físico de existência.

Um de meus alunos, iniciante nos assuntos da Espiritualidade Maior, correu a mim, após a saída da ilustríssima Orientadora, e me interrogou, entre a perplexidade e a curiosidade sã:

– Privilégios nas relações com o Mundo Espiritual?

Respondi-lhe, então:

– Quem mais ajuda as obras do Bem, mais socorro recebe do Domínio Sublime de Consciência. Recorda-se da passagem dos Evangelhos em que Nosso Mestre e Senhor Jesus diz: “Alegrai-vos por vossos nomes estarem escritos no Reino dos Céus”? Eis uma das importantes interpretações a fazermos dessa máxima crística.

– E essa cobertura especial pode ser suspensa? – retornou.

Ato contínuo, informei:

– Claro que sim! Ela é condicionada à conduta do(a) beneficiário(a) da atenção maior da Espiritualidade Amiga. Se não houvesse esse elemento condicional, estaria configurado então o privilégio a que você aludiu, o que seria absurdo, porque Deus e Seus(Suas) Representantes jamais seriam injustos(as).

– Interessante… – balbuciou, pensativo. – E essa cooperação com as atividades do Bem tem múltiplas formas de ocorrer, presumo – concluiu bem o meu jovem estudante.

Mais enfático, prossegui no diálogo:

– Sem dúvida. O simples fato de algumas pessoas serem respeitosas e amáveis com sua médium e porta-voz encarnada faz com que Sophia, a gloriosa Emissária das Alturas, as veja com bons olhos, frequentem elas ou não seu Instituto na dimensão material de vida. Isso porque D. Juliete, a senhora de meia-idade com quem nossa grande Mestra vive em regímen de sinergia psicoespiritual, sofre significativas sobrecargas psicológicas, mediúnicas e mesmo de carga de trabalho, de todo incompreensíveis para a esmagadora maioria da população humana de encarnados(as).

Provocou o rapaz:

– Então significa que se alguém, digamos, agir de maneira desrespeitosa ou que gere mais problemas emocionais a D. Juliete…

Arrematei, em seguida, a sentença que meu pupilo propositalmente alongou em reticências, pelo tom de voz:

– Imediatamente se faz merecedor(a) de uma queda substancial do interesse da Espiritualidade Sublime a seu respeito, além de adquirir carma que, de acordo com a circunstância, pode ser considerável, em virtude da extensão do bem coletivo que a médium de Sophia é responsável por canalizar, há algumas décadas sucessivas, para massas colossais de pessoas, desdobrando uma Obra de esclarecimento coletivo avaliada como de extrema relevância por Autoridades Celestes que dirigem os destinos de imensas comunidades humanas… Lembre-se, caro amigo, daquela outra Fala de Jesus, dirigida a Seus discípulos: “Quem vos recebe, recebe a Mim; e quem Me recebe, recebe Aquele que Me enviou”.

– Curioso material de estudo – suspirou fundo meu interlocutor.

– Indubitavelmente, inclusive porque há quem pense que pode obter favores do Guia Espiritual de D. Juliete, criando problemas para a própria Juliete, Sua principal tutelada e servidora. Imaginam adivinhar motivos para isso – quase todos ilusórios, injustos, aumentados ou projetados –, e não se apercebem de que a falibilidade natural à condição humana da intermediária encarnada aumenta-lhe o mérito, em vez de dar razão a qualquer ordem de ataque, por ser ela porta-voz de um Espírito alcandorado e desenvolver uma missão mastodôntica no mundo das sombras. As criaturas que lhe são beneficiárias, direta ou indiretamente, estão longe de abarcar a complexidade, profundidade e enormidade dos desafios diuturnos, por anos a fio, que D. Juliete tem de enfrentar, a benefício da orientação, conforto e evolução de milhões de pessoas, no âmbito físico de existência.

Meu agitado discípulo silenciou e eu me dei também por satisfeito, nos esclarecimentos expendidos.

Gustavo Henrique (Espírito)
Benjamin Teixeira de Aguiar (médium)
New Fairfield, Connecticut, EUA
4 de dezembro de 2018




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: