Espírito Roberto Daniel

7 de setembro de 2018
 

Os(as) fujões(onas) das Portas do Céu

Vieram “alertá-lo(a)” – pessoas em corpos físicos ou sem eles (essas últimas você captando como se fossem pensamentos seus) – “fazendo sua cabeça” contra a figura que representava seu Ideal e sua fé.

Estavam movidas de inveja e ódio, contra sua própria pessoa e/ou contra o foco de sua confiança e admiração… e você não percebeu o jogo sujo delas, caindo em sua armadilha, “como um(a) patinho(a)”, manipulado(a) por manobras sombrias, algumas bastante elaboradas, levadas a cabo através de seus interesses e preconceitos pessoais, que pareciam ser ou de fato foram feridos.

Foram minando, aos pouquinhos, sua resistência, tecendo uma rede de intrigas e fofocas em que, por fim, você se viu preso(a), inapelavelmente…

Fizeram-no(a) sentir-se inteligente, livre e forte, ao se afastar de seu agrupamento de fé. Mas, querido(a), lamento lhe dizer: você foi estúpido(a), fraco(a) e perdeu a liberdade, ao se render à escravidão mental de um assédio de forças do mal, contra seus próprios bem-estar e ventura.

Com o passar do tempo, as “fichas” do seu terrível vacilo vão “caindo”… No entanto, lamentavelmente, seu orgulho o(a) impede de voltar atrás… e o pavor de sentir a culpa, por tão grande desperdício de vida e tão horrendo desvio de rota de sua trilha de realização faz com que você prefira buscar novos argumentos que sustentem sua escolha infeliz…

Você julga sua situação com seu(sua) ex-orientador(a) espiritual única e nova. E essa é mais uma ilusão que o(a) acomete… A história se repete… Observe as vidas de todos(as) que estiveram à frente de seu tempo… Foram mal-interpretados(as), abandonados(as) e desprezados(as) por, trágica ironia: exatamente aquelas pessoas que mais poderiam ser beneficiadas, por sua presença e influência libertadoras e promotoras da felicidade… já que eram indivíduos que haviam vindo à Terra para servir, em Nome do Céu…

Só me resta, prezado(a), lamentar, porque a dor e o carma, por sua teimosia em permanecer no erro, encontrarão formas variadas de manifestação e assumirão dimensões progressivamente maiores, até que você desperte, talvez tarde demais para recuperar a preciosíssima oportunidade de sua atual reencarnação…

Roberto Daniel (Espírito)
Benjamin Teixeira de Aguiar (médium)
Aracaju, 7 de setembro de 2018.




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: