Espírito Eugênia-Aspásia

23 de janeiro de 2018
 

Misericórdia, sim… mas sacrifício também…

 

Misericórdia, sim… mas sacrifício também…

Nossa Mãe Maior Maria Santíssima surgiu exalando fortíssima luminosidade de Sua Sacratíssima Pessoa…

Observou-nos, por alguns breves segundos, com inexcedível expressão de ternura e, elevando a destra à altura do Coração, iniciou Sua Mensagem semanal, dizendo, em segunda pessoa do singular, qual se a cada um(a) de nós, individualmente, Se dirigisse:

Podes adicionar prazeres e satisfações à tua vida, e terás mais abundância, conforme profetizado pelo Cristo JESUS, que, em Nome de Deus, confirmou a revelação do Profeta Oseias: “Misericórdia quero e não sacrifício”.

Entretanto, se quiseres alcançar um nível mais elevado de plenitude, podes paradoxalmente escolher não expandir teus próprios regalos, a fim de canalizares energias internas e recursos externos para empreendimentos em benefício de outras criaturas.

Mães e pais, por exemplo, quando conscienciosos(as) e bem alinhados(as) com a missão sagrada de que foram investidos(as) pelos Divinos Desígnios, encontram indefinível regozijo d’alma no exato movimento de renunciar a júbilos meramente individuais, sempre que, com isso, prodigalizam oportunidades, alegrias, crescimento, prosperidade para seus rebentos tão amados…

É evidente que a frustração profunda por projetos ou aspirações pessoais não realizados – ainda que prenhe de nobres intenções – amiúde desencadeia, em mães e pais que se limitam excessivamente, lamentáveis processos de projeção psicológica do ressentimento deixado pelo vazio dos ideais não vividos, do rancor gerado pela castração dos próprios impulsos vocacionais, assim fomentando animosidades e desequilíbrios completamente evitáveis na relação com seus(suas) filhos(as), mui frequentemente deixando marcas indeléveis e condicionamentos psicológicos infelizes naqueles(as) mesmos(as) que lhes foram foco de tanto esforço “amoroso”…

Todavia, também é inegável que, muito mais copiosamente do que se imagina, grandes sacrifícios em prol do bem comum se dão, seja por parte de pessoas sem renome ou de gênios da ciência e das artes, beneméritos(as) da filantropia, líderes espirituais, condutores(as) de multidões, profissionais de todas as ordens… A história da civilização está repleta de exemplos extraordinários de serviço às sociedades ou a alguns(mas) poucos(as) beneficiários(as), com efeitos positivos em cascata, numa mesma geração… ou por decênios, séculos sucessivos, após a atuação, no plano físico, desses(as) ocultos(as) (ou célebres) mártires da solidariedade e da catálise da evolução coletiva…

MARIA Santíssima, em interação com o Espírito Eugênia-Aspásia
Psicografia recebida por Benjamin Teixeira de Aguiar
Aracaju, Sergipe, Brasil
21 de janeiro de 2018

Veja outras Mensagens de MARIA SANTÍSSIMA

Misericórdia, sim... mas sacrifício também...




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: