Espírito Eugênia-Aspásia

16 de março de 2017
 

Julgamento do bem

Reproduzir

 

Julgamento do bem

Quer saber, com segurança, se você retrata, no mundo, a Vontade do(a) Criador(a)? Se você representa a Divindade ou – conforme se diz mais vernacularmente – é de Deus?

Como distinguir, em si ou em outrem, a genuína manifestação do discipulado da Luz Divina?

Não é tarefa tão difícil. Verifique se você ou quem você esteja analisando pode responder “sim” às perguntas simples que se seguem.

De um modo geral e na maior parte do tempo, você ou a pessoa sob sua avaliação:

1) Defende ideais humanitários?

2) Luta pelos direitos das minorias e pelo respeito que se deve a todo ser humano?

3) Simpatiza com os movimentos libertários e vanguardistas no campo dos costumes?

4) Peleja pela eliminação ou arrefecimento de conflitos entre indivíduos e grupos?

5) Pugna pelo sentimento transnacional, compreendendo a espécie humana como uma comunidade planetária única?

6) Protege o princípio do valor à vida, incluindo o de outras espécies e de todo o organismo ecossistemático?

7) É autêntico(a) em seus relacionamentos interpessoais, dos mais íntimos aos mais distantes, mesmo que essa atitude implique distanciamento ou ruptura de vínculos?

8) Foca o bem comum e age de acordo, ainda quando seus interesses pessoais são feridos?

9) Ouve e segue a voz de sua consciência, de sua vocação, de suas intuições mais nobres, buscando depurá-las dos elementos que as denegam: preconceito manifesto ou dissimulado, moralismo castrador e hipocrisia das falsas aparências – ou, noutras palavras, faz o que julga mais correto, mesmo nas situações em que isso lhe custe ser malvisto(a) ou atacado(a) por terceiros ou por segmentos sociais inteiros?

Essa lista poderia se estender bem mais. Foi reduzida, porém, a seus pontos essenciais, de conformidade com as mais gritantes necessidades dos dias que passam.

Se você, com toda honestidade dalma, puder dizer “sim” a cada uma dessas indagações fundamentais e a todas elas em conjunto, pode se tranquilizar quanto a ser, de fato, um(a) componente das Falanges do Bem.

Todavia, se você ou qualquer pessoa, não importando posição ou imagem que projete no mundo, por mais que desfrute de prestígio na Terra, responder negativamente a essas questões, não será, de modo algum, integrante das Forças do Céu…

E, se você ou essa pessoa a quem você examina detidamente não responde em nome do Bem… responda para si ou por ela:

A que hostes pertence?…

Mensagem de MARIA Santíssima
Intermediação do Espírito Eugênia-Aspásia
Médium: Benjamin Teixeira de Aguiar
Aracaju, SE, Brasil
12 de março de 2017

 

Veja outras Mensagens de MARIA Santíssima

Colabore com a divulgação das Mensagens da Espiritualidade Maior que, em Sua abordagem voltada para as necessidades e aspirações do homem e mulher da atualidade, alcança hoje milhões de pessoas, em mais de 130 países!




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: