Espírito Matheus-Anacleto

23 de novembro de 2016
 

A Verdade relativa em nós

Procura, prezado(a) amigo(a), a Fala do Céu em ti, e descobri-l’A-ás, sem grande dificuldade, nas reverberações da “Voz” da consciência – ainda que Esta se mostre sutil e amiúde ambígua, em Suas manifestações corriqueiras, nas naturais interpenetrações de vetores mentais de teu mundo interior, em complicada interação com a cacofonia de solicitações e induções oriundas do domínio externo.

Explico-me ao apresentar o paradoxo de afirmar haver facilidade em captar essa “Voz” (padrão de sentimentos e intuições mais nobres d’alma) e, a um só tempo, asseverar seu anverso literal: a dificuldade em distingui-l’A com clareza, em meio às Suas intrincadas expressões psicológicas. Eis o busílis da questão: a complexidade do desafio pode ser de imediato diluída, se adotares a perspectiva do Coração, do melhor serviço a prestar aos semelhantes, da busca de viver a bondade e o espírito fraterno, em todas as circunstâncias de tua existência.

Põe isso em prática, irmão(ã) em humanidade, e serás mais feliz, e estarás mais em paz, e viverás um magnífico estado de segurança e fortaleza íntimas – experiências que, por ora, muito provavelmente nem de longe suspeitas possam ser vivenciadas, com relativa estabilidade e constância, independentemente do favor ou desfavor de eventos exteriores ao teu “território” pessoal.

Espírito Matheus-Anacleto
Médium: Benjamin Teixeira de Aguiar
New Fairfield, Connecticut, EUA
23 de novembro de 2016

Colabore com a divulgação das Mensagens da Espiritualidade Maior que, em Sua abordagem voltada para as necessidades e aspirações do homem e mulher da atualidade, alcança hoje milhões de pessoas, em mais de 130 países!




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: