Banners de sabedoria

31 de agosto de 2015
 

Como acessar a própria vocação?

Como acessar a própria vocação?

Joseph Campbell, o famigerado mitólogo, afirmou: “Siga a sua ‘bliss’”, sua felicidade-paz, sua bem-aventurança. E isso se traduz por estados emocionais particulares, como “estado de graça”, alegria de viver, sentido de propósito e serviço a Algo Maior, ideia de interdependência, sentimento de fusão com o Todo.

Obviamente que, no plano médio de evolução da Terra, nos dias que correm, essas experiências ou – como seria mais preciso dizer – essas faces de uma mesma grandiosa experiência são dificilmente alcançáveis em nível excelente, muito menos em caráter contínuo. No entanto, tais proposições servem de ideal para que se avalie o que se faz mister realizar nos próprios caminhos existenciais, desde sutis mudanças sistemáticas e disciplinares de estado de espírito a grandes crises inadiáveis em que se deva precipitar, para que algo de pior não aconteça por força dos vetores evolutivos da Vida, que acicatam os ritmos de desenvolvimento dos mais preguiçosos e covardes – crises como mudança de emprego, de profissão, de casamento ou estado civil, de religião ou mesmo de país de residência… Mas que isso jamais se confunda com a compulsão à novidade, caracterizada naqueles(as) que vivem fugindo de compromissos, sem fincar raízes em lugar ou ideal alguns.

Espírito Eugênia-Aspásia
Médium: Benjamin Teixeira de Aguiar
13 de agosto de 2015

(Consulta feita em palestra exclusiva para componentes de reuniões mediúnicas do ISQ. Resposta recebida por meio de psicografia pública.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: