Banners de sabedoria

14 de novembro de 2014
 

Rotina, Mística e Fluxos da Vida.

Atividades repetitivas, circulares como são todos os fenômenos basilares da vida, amiúde trazem, em seu bojo, lições profundas…

Não à toa, por essa razão, tradições espirituais do Oriente e do Ocidente, no correr dos séculos, têm utilizado a mística de funções rotineiras como ferramentas meditativas e reflexivas de significativo poder para a mudança e elevação dos padrões da consciência, a exemplo das corriqueiras tarefas domésticas ou agropecuárias, aplicadas em monastérios budistas, em conventos cristãos ou ainda em centros avançados de artes marciais.

Devemos, todavia, apresentar uma ressalva a essa qualificação: os eventos fundamentais da existência são apenas aparentemente circulares, porque, em observação mais detida, pode-se notar que as forças da Natureza e seus propósitos ocultos apresentam-se, em verdade, espiralados. Nos processos cíclicos da vida, nunca se volta, qual parece em primeiro exame, ao mesmo ponto, mas se chega sempre um pouco mais além, tanto no raio de circunferência da amplitude dos acontecimentos, quanto na elevação da ascese e complexificação do ser, que ascende ad infinitum na espiral evolutiva da Divina Criação.

Quando, assim, o tédio visitá-lo(a), em nova ocasião, experimente ser mais profundo(a). A modorra psicológica pode ser aviso a que busque caminhos novos de realização pessoal, sugestão a que amadureça e compreenda que toda ocupação tem seus aspectos enfadonhos… ou quiçá um chamado do Alto, para que você desenvolva mais lucidez na leitura das ocorrências, internas e externas ao seu cosmo mental, de modo a descobrir, conforme asseverou Jesus, o Cristo da Verdade, que o “Reino dos Céus” jaz, como de sempre, dentro de você mesmo(a)!

Espírito Eugênia-Aspásia.
Médium: Benjamin Teixeira de Aguiar.
Psicografia de 30 de julho de 2014.




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: