Espírito Eugênia-Aspásia

29 de março de 2013
 

Paixão e Páscoa

http://sq.imagens.s3.amazonaws.com/1303-Marco/Jesus-Ressucitado.jpg

Benjamin Teixeira de Aguiar
pelo Espírito Eugênia.

A morte do Jesus Homem, na ignominiosa execução da cruz, abandonado pelos seguidores mais chegados e pela multidão de beneficiários, indica-nos o que o ego humano precisa atravessar, ignorando vergonhas, resistências e ataques gratuitos quão injustos, provenientes da maioria, incluindo quase sempre os mais amados, ao se decidir por atender o chamado do Ideal.

A Ressurreição do Cristo Divino revela simbolicamente, em contrapartida, alegria e fortaleza, vitalidade e segurança (intraduzíveis em linguagem humana), que advêm da vitória sobre a morte psicológica dos apegos de todas as ordens (dos mais mesquinhos aos mais heroicos, como a libertação da necessidade de aprovação dos entes amados), do triunfo sobre a influência dos jogos sociais de aparência, para que se possa viver a inamovível lealdade ao essencial, ao Si-Mesmo(a), a Deus em nós, que nos propicia a verdadeira, duradoura e imperturbável felicidade.

(Texto recebido em 29/03/2013.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: