Espírito Matheus-Anacleto

1 de fevereiro de 2013
 

Medo.

http://sq.imagens.s3.amazonaws.com/1302-Fevereiro/Medo.jpg

1) Aviso da inteligência sobre riscos reais.

2) Compulsão da psique quanto a perigos imaginários.

3) Indicação metafórica do maior desafio de uma existência; uma pista do tesouro oculto da alma.

4) O que os corajosos sentem, para assumirem, com consciência, atitudes de valor.

5) Uma miscelânea, com várias proporções possíveis, dos itens anteriores.

Benjamin Teixeira de Aguiar
pelo Espírito ANACLETO.
Texto recebido em 29.01.2013.




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: