A “Blonde Venus” sergipana Thaïs Bezerra

28 de junho de 2012
 

Uma Fórmula Simples.

http://www.saltoquantico.com.br/blog/wp-content/images/Thais_BT.jpg[A “Blonde Venus” sergipana Thaïs Bezerra]

Por Thaïs Bezerra (*).

Vejam o que disse Benjamin Teixeira de Aguiar, nesta semana: “Cada pessoa tem um projeto Divino a ser concretizado, um propósito, sua missão. Somos seres teleológicos: voltados a finalidades. A questão, porém, é que costumamos ser seduzidos pela miragem das realizações externas, movidos pelo ego, esquecidos de coisas mais simples e mais profundas: do coração. Somente na amizade, na bondade, na solidariedade, na lealdade a nossos ideais e àqueles com quem partilhamos relacionamentos respeitosos, encontraremos a fortuna maior: o palácio da felicidade edificado sobre o solo firme da consciência em paz. No mais, devemos esperar um tanto menos da existência, ser mais parcimoniosos, viver a necessidade íntima de devoção ao(à) Criador(a). Quem faz isso encontrará não só bem-estar, mas segurança íntima e serenidade, para facear todas as circunstâncias da condição humana.”

(Nota publicada no Jornal da Cidade, Aracaju/SE, em 24 de junho de 2012.)


(*) Remetendo a outro ícone imortal e emblemático, Marlene Dietrich, musa-deusa do cinema antigo, é assim que é conhecida a ultraprestigiada jornalista, lenda viva do colunismo social sergipano: Thaïs Bezerra, com inacreditáveis 33 anos de carreira, geminados (ninguém sabe como) a um corpo-escultura de adolescente. Políticos, empresários, acadêmicos, VIP’s de todas as categorias reverenciam a poderosíssima “Blonde”, que passa incólume a todas as crises, sempre irradiando alegria, otimismo e fé. Como diz nosso líder, canal do Espírito Eugênia, Benjamin Teixeira de Aguiar: “Médium mística do inconsciente coletivo de Aracaju, Thaïs é uma prova viva de como se pode ser canal do bem em qualquer latitude profissional, encarnação rara de lealdade aos amigos e de determinação pessoal inamovível”. Thaïs publica, desde 2005, semanalmente, notas sobre o Instituto Salto Quântico. Aqui passarão elas a ser também trazidas a lume, para que o Brasil e o mundo conheçam a mulher que mudou a face social e emocional da capital de Sergipe d’El Rey, “Coração do Coração do Mundo”, com seu famoso jargão: “Aju é um baile, com chuva ou com sol”.




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: