Espírito Lucas Desiderium

11 de março de 2012
 

Sina que Aparentemente te Malversa as Forças.


Benjamin Teixeira de Aguiar
pelo
Espírito Irmão Lukas.

Fizeste teu melhor – não te compreenderam.
Deste teu máximo – interpretaram-te às avessas.
Sacrificaste-te por todos – caluniaram-te em resposta.
Cumpriste teu dever ante o(a) Criador(a) – acusaram-te de desertor(a).
Selaste a vaidade com a coragem da autenticidade, contrariando convenções, em nome da lealdade à tua consciência – alcunharam-te de desajustado(a).

Seja qual for a sina infeliz que te malversa as energias e a alma, ora em paz e prossegue em tua jornada de homem (mulher) de bem. É certo que não lograrás a paz que buscas, no diapasão médio da Terra dos dias que correm. Este será, por longo tempo ainda, o padrão do desequilíbrio do ego, a pugnar contra as Forças Sagradas do Coração – as que pretendem difundir a alegria do saber e do sentir, em nome do amor e do crescimento psicológico e moral de todas as criaturas. Assim, faze ouvidos moucos para a algaravia ensurdecedora, em torno de teus passos e realizações benemerentes, e conta com os suprimentos celestes, que te não faltarão, à hora justa.

Não foi diferente com os que te precederam na marcha benemérita da vanguarda, abrindo picadas na floresta intransitável das cristalizações humanas. Conceitos claramente malevolentes houve que foram superados tão só ao preço do sangue de muitos mártires. Na atualidade, as formas de martírio se fazem ocultas e, ironicamente, parecem o reverso do que são, quando observadas com superficialidade e leviandade.

Sempre foi assim. Onde surja um(a) enviado(a) do Alto, nunca será este(a) tratado(a) como tal, e, amiúde, nem mesmo como uma pessoa bem-intencionada e responsável, mas sim como pretensiosa ou mesmo charlatã, nivelada pelo critério das baixadas vibratórias dos seus contemporâneos e companheiros dos primeiros dias de renascimento na matéria, incluindo parcela expressiva de seus maiores beneficiários, por não admitirem (ainda que isso se dê inconscientemente) superioridade moral em quem os desafia à melhoria íntima. Ver alguém em veículo de carne como todos os demais, conhecer sua origem física e seus primeiros passos na reencarnação, não raro empana substancialmente a percepção (por demais sutil e abstrata para a média planetária) de que os Seres do Domínio Excelso de Consciência aparecem no campo material de existência da mesma forma “ordinária” que um facínora. Não por outra razão, asseverou o Mestre que nos É comum: “Em verdade vos digo: nenhum profeta é bem aceito em sua pátria” (Lucas, 4:24).

Não te preocupes com isso: que te baste a opinião de teus Superiores, no Plano Sublime de Vida. Segue, ainda que em meio a saraivadas sinistras de energias deletérias, porquanto, amigo(a), as bênçãos que disseminas se farão sementes de felicidade, invisíveis por ora, concretíssimas logo mais, quando não só germinarem, mas se converterem em frutos saborosos e nutrientes ao teu e ao bem da comunidade a que serves.

Sabemos, outrossim, que nem mesmo a boa opinião esperas de teus coevos e copartícipes da sociedade que compões, mas apenas uma dose razoável de boa vontade, para que continues operacional, na tarefa que te foi delegada pela Divina Providência. As dores e desatinos, iras e despeitos incompreensíveis de muitos te trespassam a alma. É por isso que te dissemos: ora, companheiro(a)! O auxílio do Céu virá, as compensações chegarão, a mancheias. Não estás sozinho(a). És estafeta de uma Nova Era, e os vexilários da Civilização da Luz são sempre salvaguardados de modo especial pelas Potestades que Representam o Divino… E ai daqueles que se puserem contra a Obra que pertence a Deus e não a seres humanos e suas loucas certezas e inverdades pessoais…

(Texto recebido no início da manhã de 11 de março de 2012.)


Ajude a sábia e santa Mestra Espiritual Eugênia e Seus Amigos igualmente Mestres Desencarnados a disseminarem Suas ideias de sabedoria e amor, e, com isso, tornarem
mais feliz e pacífico o nosso mundo (ou o mundo dos destinatários que você escolher beneficiar com sua partilha). Basta que encaminhe este arquivo a sua rede de e-mails. Para tanto, utilize a ferramenta abaixo, com os dizeres: “Envie esta mensagem para seus amigos”.

Se você está fora de Sergipe, pode assistir à palestra de Benjamin Teixeira de Aguiar, ao vivo, aqui mesmo, pelo nosso site, mediante uma colaboração simbólica, destinada à manutenção dos equipamentos utilizados na transmissão via internet (agora também com a opção da tradução simultânea para o Inglês). Para isso, acesse este sítio eletrônico, pouco antes das 18h de domingos, quando tem início a preleção, e siga as instruções aqui dispostas, em postagem específica. (Lembramos que a entrada para a aula presencial é gratuita.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: