Cartas da Espiritualidade Amorosa

19 de novembro de 2011
 

Útil ao Bem, Ainda que Mergulhado(a) na Tragédia.

http://www.saltoquantico.com.br/wp-content/uploads/Aspasia.jpg


Recado da Adorável Eugênia  a uma alma sofredora. O Espírito Eugênia, como já foi dito inúmeras vezes neste site, foi Aspásia de Mileto, mestra de Sócrates, cultuada, no correr dos séculos, como a deusa Pallas Athena, representada na figura acima. A coruja, que se Lhe desprende do coração, a partir de irradiações luminosas, simboliza o Espírito de Sabedoria de que Se faz portadora e Representante Emérita. Por sinal, a “alma sofredora” a quem Eugênia se dirige, certa vez asseverou que a Obra de tão nobre Espírito constituía mera “prevaricação”, apenas por antecipar, como o fazem todos os Entes de Escol, o que as décadas vão confirmando como tendências evolutivas e históricas irrefreáveis dos costumes como a defesa da homossexualidade, da não-obrigatoriedade da virgindade antes do casamento, do divórcio, etc. Uma exemplificação luminífera de atitude cristã, inobstante a lei de causa e efeito funcione indefectível, sobremaneira quando alguém acusa outrem de inspirado por um mau espírito, sendo o Ser Condutor uma Entidade Luminosa. Jesus nos lecionou que tais infelizes acusadores são “culpados de uma blasfêmia sem perdão” (vide Evangelho de Marcos, capítulo 3). O Instituto Salto Quântico é uma Casa dos Cristos, por excelência. Onde mais, na Terra, o fenômeno de NÃO morte, durante vinte anos (!), de centenas de pessoas, componentes de nossas reuniões mediúnicas, está acontecendo? Nem mesmo as estatísticas de média de mortandade em agrupamentos humanos, levantada por organizações respeitabilíssimas, como a CIA e a ONU, aqui têm efeito (1% ao ano). Seguindo a média apontada por tais Institutos, dezenas de pessoas já teriam falecido em nossa Instituição, o que não ocorreu com NINGUÉM. E todo religioso honesto sabe que assunto de vida e morte tem direta participação da Vontade Divina. Por que Tal Assinatura de Deus sobre nossa Casa, se não para endossar o Discurso da Grande Aspásia, que fala em Nome dos Enviados do Altíssimo? E se Deus chancela… que voz se levantará contra Ele-Ela… Essas vozes podem ser caladas… de múltiplos modos, como, lamentavelmente, temos assistido acontecer, no correr dos anos… em carmas tão mais violentos quanto mais tempo teve a pessoa para se arrepender e mudar sua conduta e postura para com o Templo da Voz da Verdade para os dias de hoje. Como disse o Apóstolo Paulo, em Romanos, 8:31: “Se Deus é por nós, quem poderá estar contra nós?”


Benjamin Teixeira de Aguiar
pelo Espírito Eugênia.

Você não precisa ser um ás da oratória, para que seja útil a alguém, expressando algumas palavras de conforto ao familiar (biológico ou não), com quem divide o teto e o aconchego do lar.

Não se faz imprescindível o verbo fluente e a inteligência rutilante, para que apresente ao amigo em crise mais aguda, o esclarecimento de que se faça credor, diante de seus sentimentos de fraternidade genuína.

A elucidação diante da calúnia pertinaz e a sugestão otimista e mesmo amorosa a quem se mostre menos inclinado a sentimentos nobres são acessíveis a qualquer criatura que goze de livre-arbítrio e discernimento.

É possível que você se sinta humilde, declarando-se incapaz do menor gesto a serviço do bem comum. Mas isso, estimado(a) irmão(ã) em Cristo, não passa de grave falha de percepção e, perdoe-me a sinceridade necessária: de uma boa dose de orgulho e vaidade, pela fuga a fazer o pouco, por não se sentir hábil a fazer o muito ou o menos valorizado, por não se sentir capaz de realizar o que é considerado espetacular, aos olhos de terceiros.

O trabalho digno, de qualquer jaez, voluntário ou não, que se desdobre com a motivação sincera de ser útil, faz-se mola propulsora à evolução da consciência, propelindo-a a alinhar-se com a gravidade espiritual dos anjos, ainda que isso não se dê clara nem rapidamente.

Se lhe falta cultura ou inteligência, posses ou prestígio, simpatia ou outros atributos que considere indispensáveis à tarefa de disseminação do Bem, experimente tão só ser a pessoa de boa-vontade, ativa e disponível para a prestação de serviços simples, desde o transporte de uma embalagem de conteúdo importante, como livros de orientação espiritual, até a oferta de um copo d’água potável ao passante sequioso na via pública.

Estabelecendo, em seu reino interior, esse padrão de serviço ao próximo, sem intenções ocultas de retribuição, e sim pelo simples prazer de ser ajudar, aliviar dores, promover alegrias, esteja certo(a) de que sua mera presença, ainda que jungido(a) ao leito ou emudecido(a), pelas forças da Vida, converter-se-á, ainda que se não aperceba isso, em bálsamo e refrigério para as almas passantes, de encarnados e desencarnados que se acercarem de sua pessoa.

Tudo está no campo da ideia e dos sentimentos – foque a mudança visceral, neste âmbito basilar, e o demais virá por consequência. Como disse Nosso Mestre e Senhor Jesus (nunca nos cansaremos de reiterar): “Buscai primeiramente o Reino de Deus e Sua Justiça (Vontade e Orientação) e todas as demais coisas vos serão acrescentadas”.

(Texto recebido em 19 de novembro de 2011.)


Ajude a santa e sábia Mestra Espiritual Eugênia e Seus Amigos igualmente Mestres Desencarnados a disseminarem Suas ideias de sabedoria e amor, e, com isso, tornarem o nosso mundo mais feliz e pacífico. Basta que encaminhe este arquivo a sua rede de e-mails. Para tanto, utilize a ferramenta abaixo, com os dizeres: “Envie esta mensagem para seus amigos”.

Se você está fora de Sergipe, pode assistir à palestra de Benjamin de Aguiar, ao vivo, aqui mesmo, pelo nosso site, mediante uma colaboração simbólica, destinada à manutenção dos equipamentos utilizados na transmissão via internet. Para acessar-nos, basta que venha até cá, às 18h de domingos, horário de Aracaju (19h, no de Brasília), e siga as instruções aqui dispostas, em postagem específica. (Lembramos que a entrada para a aula presencial é gratuita.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: