Espírito Eugênia-Aspásia

13 de abril de 2011
 

Passarinhos Preguiçosos (*).

Benjamin de Aguiar
pelo Espírito Eugênia.

Consideremos esta metáfora. Há aves de plumagens primeiras, presas ao berço do ninho, que não admitem abandonar a penugem, ou seja: desapegar-se da condição original de “infância”. Hora vem, entrementes, em que o lar do ninho – projetado para durar o tempo necessário aos voos iniciais dos jovens passarinhos – começa a naturalmente despedaçar-se, e a pequena ave negligente, que não se alimentou nem cresceu, como deveria, em tal espaço de tempo, vem de cair, espetacularmente, e perder a vida física.

Trata-se essa de uma imagem figurada para espíritos displicentes, que, pelo comodismo de se recusarem a amadurecer, psicológica e espiritualmente, deixam-se arrastar para a sina das desgraças de grande e variado porte – entre elas, a morte física, sem haverem progredido, intelecto-moralmente –, sendo, assim, compelidos às reencarnações dolorosas das deficiências psicofísicas irreversíveis, ou mesmo, em última e mais grave instância, a exílio coercitivo em mundos primitivos, de molde que, pela aspereza das vicissitudes a que estejam agrilhoados, sintam-se impelidos ao movimento natural, que se negaram vivenciar, por preguiça, covardia ou orgulho: o voo magnífico da transcendência, da Espiritualidade Sublime, da Iluminação…

(Texto recebido em 9 de abril de 2011.)

(*) Mitólogos, antropólogos e psicólogos junguianos convergem na afirmativa de que pássaros e aves de um modo geral podem ser vistos como símbolo de transcendência ou processo de ascese espiritual.

(Nota do Médium)


Ajude a santa e sábia Mestra Espiritual Eugênia e Seus Amigos igualmente Mestres Desencarnados a disseminarem Suas ideias de sabedoria e amor, e, com isso, tornarem o nosso mundo mais feliz e pacífico. Basta que encaminhe este arquivo a sua rede de e-mails. Para tanto, utilize a ferramenta abaixo, com os dizeres: “Envie esta mensagem para seus amigos”.

Se você está fora de Sergipe, pode assistir à palestra de Benjamin de Aguiar, ao vivo, aqui mesmo, pelo nosso site, mediante uma colaboração simbólica, destinada à manutenção dos equipamentos utilizados na transmissão via internet. Para acessar-nos, basta que venha até cá, às 18h de domingos, horário de Aracaju (atualmente alinhado com o de Brasília), e siga as instruções aqui dispostas, em postagem específica. (Lembramos que a entrada para a aula presencial é gratuita.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: