Benjamin Teixeira de Aguiar

18 de novembro de 2010
 

Liberdades Individuais, Delírios do Ego e o Poder de Decidir Certo o Próprio Destino

(Comentários de Benjamin de Aguiar no Twitter – 05)

Voltamos hoje a Aracaju, Wagner e eu, depois de virmos fazer preleção aqui (ele, no controle dos eletrônicos de suporte à conferência), em Recife, a gigante capital Pernambucana, com mais de 3 milhões de habitantes, na região metropolitana. E a “firmeza” dos arrecifes me remeteu, intimamente, à “lapis philosoforum” – a “pedra filosofal” ou “fundamental” dos alquimistas –, o fito último de realização do ser, metaforicamente nos fazendo reportar à realização do Self, o Centro da Consciência, o Eixo basilar da criatura, que, quando concretizado, nos faz, quanto possível ao nosso atual coeficiente evolutivo, plenos e verdadeiramente felizes!…

Para completar a “brincadeira” com o “simbolismo” subjacente aos eventos prosaicos da existência (sempre permeados de lições divinas – como diria Tales de Mileto: “Todas as coisas estão impregnadas de deuses”), desembarcamos aqui, no dia de celebração da Proclamação da República – um lídimo alicerce das liberdades individuais, já que o sistema republicano de governo é intrinsecamente associado ao princípio democrático que nos rege a pátria, ou que pretendemos fazer reger os destinos desta, como de todas as nações livres da Terra.

Que saibamos conviver com o enorme poder que a Divina Providência nos concedeu: o livre-arbítrio. O poder de escolher caminhos de destino, para que nos decidamos pelo melhor, não só para hoje, mas para nosso futuro: o que esteja em consonância com nossa verdadeira natureza e vocação, e não de conformidade com nosso ego e caprichos correlatos. Que, como as células do corpo, que conhecem suas funções genuínas, ponhamo-nos, no concerto dos acontecimentos da vida, no exato lugar que, intuitivamente, sabemos ser o nosso e de mais ninguém, tanto quanto não incorramos no erro de ambicionar, por inveja, orgulho ou vaidade, as responsabilidades e compromissos de terceiros.

Benjamin de Aguiar,
Recife, final da madrugada de 17 de novembro de 2010.


Ajude a santa e sábia Mestra Espiritual Eugênia e Seus Amigos igualmente Mestres Desencarnados a disseminarem Suas ideias de sabedoria e amor, e, com isso, tornarem o nosso mundo mais feliz e pacífico. Basta que encaminhe este arquivo a sua rede de e-mails. Para tanto, utilize a ferramenta abaixo, com os dizeres: “Envie esta mensagem para seus amigos”.

Se você está fora de Sergipe, pode assistir à palestra de Benjamin de Aguiar, ao vivo, aqui mesmo, pelo nosso site, mediante uma colaboração simbólica, destinada à manutenção dos equipamentos utilizados na transmissão via internet. Para acessar-nos, basta que venha até cá, às 19h30 de domingos, horário de Aracaju (20h30, no de Brasília), e siga as instruções aqui dispostas no próprio domingo, em postagem específica. (Lembramos que a entrada, para quem quiser assistir presencialmente, é gratuita.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: