A “Blonde Venus” sergipana Thaïs Bezerra

26 de janeiro de 2010
 

A “Blonde Venus” Sergipana Thaïs Bezerra (*).

TB e grande multidão, mais uma vez, no Constâncio Vieira.

O anúncio soou como daquelas iniciativas ousadas que o Instituto Salto Quântico promete – e realiza. No próximo mês de agosto, no Ginásio de Esportes Constâncio Vieira, Benjamin Teixeira e sua Equipe de eficientes colaboradores realizará um novo evento Maria Cristo, para “ensombrar todos os anteriores” (como me segredou uma “correspondente”). Um filme de metragem média está sendo produzido (e será exibido na própria solenidade), 80 livros terão lançamento simbólico (todos de “coautoria mediúnica” de Benjamin), e ainda há a promessa (do Espírito Eugênia) da Visita da Mãe Espiritual da Humanidade, a ditar uma Carta aberta ao público que, conforme os que acreditam, será recebida pelo Espírito que foi Santa Bernadette Soubirous, sendo repassada, em seguida, ao médium sergipano. Esta jornalista será, novamente, a apresentadora de gala!

(Nota publicada no Jornal da Cidade, Aracaju – Sergipe, de 24 de janeiro de 2010.)

(*) Remetendo a outro ícone imortal e emblemático, Marlene Dietrich, musa-deusa do cinema antigo, é assim que é conhecida a ultraprestigiada jornalista, lenda viva do colunismo social sergipano: Thaïs Bezerra, com inacreditáveis 31 anos de carreira, geminados (ninguém sabe como) a um corpo-escultura de adolescente. Políticos, empresários, acadêmicos, VIP’s de todas as categorias reverenciam a poderosíssima “Blonde”, que passa incólume a todas as crises, sempre irradiando alegria, otimismo e fé. Como diz nosso líder, canal do Espírito Eugênia, Benjamin Teixeira: “Médium mística do inconsciente coletivo de Aracaju, Thaïs é uma prova viva de como se pode ser canal do bem em qualquer latitude profissional, encarnação rara de lealdade aos amigos e de determinação pessoal inamovível”. Thaïs publica, desde 2005, semanalmente, notas sobre o Instituto Salto Quântico. Aqui passarão elas a ser também trazidas a lume, para que o Brasil e o mundo conheçam a mulher que mudou a face social e emocional da capital de Sergipe d’El Rey, “Coração do Coração do Mundo”, com seu famoso jargão: “Aju é um baile, com chuva ou com Sol”.




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: