Espírito Gustavo Henrique

10 de setembro de 2008
 

A Misteriosa Presença Mística.

 

Benjamin Teixeira
pelo espírito Gustavo Henrique.
 

“Deus é Amor.”
João Evangelista (I João, 4:8)

“Admitir a verdade, procurá-la e acreditar nela são atitudes para todos; contudo, reter a fé viva constitui a realização dos que trabalharam, porfiaram e sofreram pela merecer.”
Emmanuel (psicografia de Chico Xavier, cap. 23 de “Pão Nosso”)

 

 

Retém, no coração operante e impertérrito, a edificação contínua dos ideais e convicções de ordem espiritual. Assim como as opiniões amadurecidas, em qualquer área do saber humano, demandam longa e minuciosa busca, não imagines que será sem trabalho demorado e complexo que lograrás uma conquista grandiosa, profunda e abstrata como a fé.

 

A concretização deste magistral salto de consciência não está baseada em se obterem provas espetaculares da existência do Mundo Espiritual ou do Criador, acompanhando experimentadores eméritos da Espiritualidade ou presenciando fenômenos extraordinários do psiquismo, em seus desdobramentos paranormais, ou naquel’outros, denominados místicos – estes, mais fugidios e indefiníveis, em linguagem humana, visto que inteiramente atreitos à plana subjetiva da consciência e suas vivências inenarráveis. 

 

Sobremaneira, será na esfera dos sentimentos mais nobres, dos valores mais sérios e transcendentes que a criatura humana guarde e nutra, no imo de si mesma, ainda que em gérmen, que se poderá garantir algum progresso efetivo e sólido, no âmbito sublime da flama da fé religiosa. Sentir Deus, no campo rico do próprio coração, em elucubrações devocionais, no solilóquio da prece ou da meditação, mas também tangenciar o reino do espírito, na seara fertilíssima das relações interpessoais, por meio das quais o Amor possa ser entretecido e manifestado, revelando a Presença Mística do Inefável – o que nos remete às palavras sábias e inspiradas do Apóstolo de Éfeso: “Deus é Amor”, ou, como poderíamos parafrasear o arrebatado autor de Apocalipse, invertendo-lhe a máxima: “O Amor é Deus.”


(Texto recebido em 10 de setembro de 2008. Revisão de Delano Mothé.)



Convite:


O MISTÉRIO e a VITÓRIA SOBRE o MAL, na Criação de um Deus-Amor.

 

Obsessões, pecado, queda, decadência; e, em contrapartida: os fenômenos da transmutação, renovação e sublimação, na transformação e transcendência rumo à Luz Divina – paz e bem-aventurança, felicidade plena, agora e na eternidade. Mais uma vez, bombásticas ilustrações, com excertos de filmes, depoimentos impressionantes, a fala do médium Benjamin Teixeira e o pronunciamento das Entidades do Plano Sublime, por seu intermédio, ao fim da palestra pública deste domingo, 14, às 19h30, no “Mega Espaço”, Rua Nossa Senhora das Dores, 588. Passes às 18h50, para se assistir à explanação livre dos “carregos” (rs) – as más influências da semana.

Evento angariando fundos para manutenção do programa Salto Quântico, que transmite, gratuitamente, para o país inteiro, em rede nacional de TV (CNT, 15h30 de sábados), a salvadora mensagem da imortalidade da alma e da assistência dos Bons Espíritos. Informações: 3041-4405.


Equipe Salto Quântico.

 




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: