Espírito Gustavo Henrique

25 de agosto de 2008
 

Estímulo Paterno (*1).

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Gustavo Henrique.

Prezados companheiros:

Muito agradados ficamos do intercurso fraterno mantido, no decorrer destes quatro dias (*2).

Alvitramos-lhe continuidade do esforço de semeadura do bem, após e alhures, recordando-os de que há a necessidade do recolhimento, incubação, transformação e criação, ainda quando se esteja submetido às mais exaustivas fases de trabalho.

Lógico que imprescindível reservar-se período de dias adrede a tal função de repouso e refazimento de forças. Entretanto, durante a faina habitual da labuta profissional, não se deve descurar do imperativo de se viver o momento de elação espiritual, ponderação moral, cogitação filosófica e questionamento, reavaliação e ressignificação de valores, prioridades, metas, rotas, consubstanciado em disciplina diária de meditação e planejamento, oração e reflexão.

Que cada um, assim, estipule para si, acima de todas as necessidades, o dever precípuo de reportar-se à própria interioridade e, quanto possível, para lá trafegar, recolhendo-se, retemperando-se, pensando-se, recriando-se, parindo-se.

Que Jesus, Maria e os Bons Espíritos encontrem sempre sintonia e ressonância em seus corações.
São os votos do Pai Espiritual, Gustavo Henrique.

“Post Scriptum”:
Lembrem-se e cuidem da recomendação de Brígida quanto ao cuidado para com o medrar das sementes ora plantadas no solo íntimo de suas mentes, como sugestões de iniciativas que, todavia, lhes aguardam a escolha e a determinação para virem à luz do mundo.

(*1) Texto recebido por Benjamin Teixeira, em 22 de agosto de 2008, durante um retiro espiritual determinado pela Espiritualidade, em consórcio com médicos do plano físico, que lhe determinaram repouso compulsório, realizado na semana passada, em companhia de grupelho íntimo de diletos amigos-irmãos. Revisão de Delano Mothé.

(*2) Gustavo Henrique alude, no nosso segundo culto diário do Evangelho – o das 14h –, ao fato de eu ter psicografado em todos os quatro dias das microférias tiradas na semana transata, apesar da suspensão de quase todas as tarefas “profissionais”.
(Nota do Médium)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: