Espírito Irmã Brígida

8 de fevereiro de 2008
 

Paraplégicos Desencarnados e Filhos Atrapalhados à Distância.

(Mensagens Mediúnicas Pessoais – 22.)

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Irmã Brígida.

Vou-lhe, como acabei de me exprimir, enviar a primeira epístola pessoal do dia, para nossa companheira (…).

Embora suas atividades de enfermagem espiritual houvessem se iniciado fora do horário habitual, transcorreram na mais perfeita paz. É importante que, em princípio, diga-se-lho, em função de haver se preocupado um pouco com este quesito – o da pontualidade que, obviamente, não foi respeitada, dada a organização caótica de atividades “extracurriculares” que os amigos empreendem, neste período de aprendizados diferenciados (*1).

Conquanto não me tivesse feito pessoalmente presente, ocupada de outras tarefas, Irmã Eulália esteve com ela e a orientou, nas orações, que ficaram muito mais formais (como sempre ocorre com a presença da irmã estimada), conduzindo a prezada médium no que concerne aos trabalhos com paraplégicos desencarnados, e alguns poucos tetraplégicos (*2) – assim vitimados por acidentes automobilísticos de grave extensão –, que mantiveram no perispírito, por conta de seu apego ao veículo físico, as características psicopatológicas das deficiências que deveriam estar apenas no corpo físico, que fora o verdadeiramente lesado, só que de há muito desaparecido.

Gostaria que dissesse a ela, outrossim, não se preocupasse com seu irmãozinho-filho (…) (*3), que terá encaminhamento apropriado, à hora certa. Não deve partilhar da mesma ordem de neuroses-preocupações de que padecem comumente as irmãs na experiência da maternidade biológica, as quais muito freqüentemente se fazem sufocantes para seus rebentos adorados, que têm dramática e respeitável necessidade de liberdade e experiência. Logo, os ímpetos de angústia que a amiga experimentou, no que tange a confranger-se com a situação dele, devem ser eliminados (ao menos, não merecem alimentação), porque nada têm de construtivo – muito pelo contrário: à distância, ironicamente, contribuem para a queda do afeto que a confreira deseja resgatar da ruína (*4).

Encerrando, de fato, minha fala para ela, gostaria lhe dissesse que estou por demais satisfeita por me haver incluído em suas preces para Maria Santíssima, pedindo bênçãos e graças para minha alma sofredora e limitada.

Sua mãe-irmã em ideal, Brígida.
Aracaju, 7 de fevereiro de 2008.

(*1) A amiga destinatária da mensagem, estando em férias, e eu, com meus horários malucos de sempre, ficamos toda a madrugada assistindo a um vídeo educativo, enquanto fazíamos pausas para refletir sobre os temas abordados e permutar impressões sobre nossos históricos pessoais relacionados aos assuntos ventilados.

(*2) A bondosa orientadora assim explicava por que a amiga sentira estranha sensação de terrível imobilidade no leito, enquanto fazia suas preces matinais, tratando, destarte, as tais entidades.

(*3) O nome extraído do texto é, em verdade, de um sobrinho biológico da destinatária da missiva mediúnica.

(*4) Sério alerta a mães, pais e tutores: a preocupação excessiva com alguém, ainda que com as melhores intenções, constitui a mentalização do pior a respeito da pessoa, o que funciona como uma vibração hipnótica à distância, no sentido de potencializar este pior que se deseja elidir no ente querido. Devemos, apesar de enérgicos e assertivos quando necessário, focar os aspectos positivos de quem amamos, e, com isso, estimulá-los à distância, pelo sem-fio do pensamento. Não podemos ajudar ninguém, se perdemos a fé no poder que a própria criatura tem de se curar, a confiança em seu valor intrínseco, em seu potencial de melhoria efetiva.

(Notas do Médium. Revisão de Delano Mothé.)

Convite:

Sedução e Poder: Bruxaria ou Inteligência?

“Sedução, Poder e Criatividade – A Mística da Sombra Psicológica” é o tema do mini-workshop que será ministrado neste domingo, 10 de fevereiro, às 19h30min, por Benjamin Teixeira. O escritor e conferencista diz que fará um estudo de “forças ocultas no inconsciente, utilizadas fartamente por algumas pessoas, para adquirem fascínio sobre outras, fertilidade de idéias e capacidade de realização considerados fora do normal”. Para favorecer o primeiro passo dos participantes, na direção da concretização da teoria em prática, Benjamin pretende encerrar a atividade com uma experiência de estado alterado de consciência conduzido. Um evento, no mínimo, curioso. Os interessados podem comparecer, no horário e dia acima discriminados, no salão de festas “Mega Espaço”, na Rua Nossa Senhora das Dores, 588, perto do Hospital Cirurgia. Mais informações, através do telefone: 3041-4405.




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: