Espírito Irmã Brígida

21 de dezembro de 2006
 

A Hora Melhor.

Benjamin Teixeira de Aguiar
pelo
Espírito Irmã Brígida.

Reage, agora, à conclamação da Vida. Não aguardes que a crise, a dificuldade e a luta te amarfanhem a alma e te tisnem o ideal, para que tomes prumo no campo do essencial.

Por que aguardar por outra reencarnação, se podes fazer algo logo? Por que esperar pelo príncipe ou pela princesa encantados, pelo amigo perfeito ou pelo chefe idílico, pela condição financeira de abundância, pelas circunstâncias domésticas mais harmônicas, para dares, de ti, o teu melhor?

Não te acomodes, ou a Divina Providência fará uso de meios drásticos para te despertar. Animal que não marcha espontaneamente sofre chibatadas para seguir adiante. Se as potências do universo a todos impelem à infinita evolução, faze este movimento por iniciativa própria, a fim de não seres a ele lançado, coativamente.

Não esperes que a enfermidade, o desemprego, a falência, o divórcio, as perdas de entes queridos, os vícios, as derrocadas morais ou até mesmo a morte física venham-te lembrar do que não podes negligenciar. Ouve a voz de tua consciência e segue-a, com fervor. Obedece, sem precisar da coerção da dor, às sugestões de tua intuição, no sentido de fazeres o bem ao teu alcance, e, assim, estarás a caminho da plenitude e da bem-aventurança.

Quem não busca a graça pela graça terá que lidar com a desgraça, quem sabe(?) sendo por ela esmagado…

(Texto psicografado em 20 de dezembro de 2006.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: