Espírito Irmã Joana

27 de junho de 2006
 

Mensagens Mediúnicas Pessoais – 03 (*).

Diga à minha muito estimada amiga (…):

Que fico feliz com a deferência especial a mim conferida, no afeto e respeito que me consagra, e que lhe peço, de contraparte, um pouco mais de autoconfiança em sua venerável condição de mãe sublimada na forja excelsa do amor e do continuado sofrimento pelos seus. Agradeço e, mais uma vez, impetro-lhe considere minha modesta proposição, já que será na dilação de nossos sentimentos pela humanidade inteira, irmã, que encontraremos a bendita trajetória de ascese rumo aos Altiplanos do Cristo.

Respondo-lhe às angústias de mãe, ao julgar que ser “somente” mãe de muitos seria pouco a fazer – reflexão esta que lhe assinalou as orações da noite transata, conforme mo informou as monjas amigas aqui presentes. Muito tem feito por muitos e muito mais ainda fará, em termos quantitativos, quanto, principalmente, qualitativos.

A monja,

Joana.

(Mensagem psicografada pelo médium Benjamin Teixeira, após o culto diário do Evangelho realizado em sua casa, aos 23 de junho de 2006. Revisão de Delano Mothé.)

(*) Os elementos comoventes e comprobatórios de autenticidade mediúnica, nas mensagens de ordem pessoal que recebo, lamentavelmente não podem ser publicados; e, por sinal, as mensagens em que mais eles estão presentes não costumam ter caráter de interesse coletivo, para que as tragamos a lume. Rutila em algumas delas, porém, de tal modo, a sabedoria dos grandes orientadores desencarnados, com destaque para Eugênia, no conjunto de entidades luminosas que muito deficientemente canalizo para o plano físico de vida, que vale a pena aqui expô-las, para benefício geral, com as devidas supressões de dados identificadores dos destinatários respectivos, a fim de lhes preservar a privacidade, de quem, obviamente, obtivemos a expressa anuência para a publicação.

(Nota do Médium)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: