Espírito Eugênia-Aspásia

2 de março de 2006
 

Sopros de Sabedoria – 54 (*).

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Eugênia.

Releva, amigo, tua falta de fé, aqui ou ali.
Recorda que és humano, e, assim, é compreensível que, volta e meia, ajas com menos coerência com teus postulados de ideal. A coerência absoluta é uma meta inalcançável ao nível humano de evolução.

Por outro lado, nenhuma mudança substancial nos padrões da consciência se dá da noite para o dia. As grandes transformações são processos lentos (porque complexos) que acontecem no plano profundo da subconsciência, e que eclodem completos muito tempo depois de iniciados. Tentar acelerar tais mecanismos pode, ao reverso de abreviá-los, abortá-los, por mais que se empenhe alguém em esforços no sentido de que a modificação seja imediata.

Portanto, antes que te desesperes, relembra-te do princípio do recomeço, concessão universal outorgada por Deus a todas as Suas criaturas, assim lhes propiciando, em Sua Infinita Bondade, novos ensejos de crescimento e realização.

Considera isto e, paradoxalmente, quando relaxares e parares de buscar atender a expectativas exageradas e irreais de desempenho, encontrarás a performance melhor (exeqüível para teu patamar atual de amadurecimento), desde que, é evidente, não cesses o empenho em ser útil, que permaneças no trabalho do bem e persistas na disciplina de ti mesmo, em todos os sentidos.

(Texto recebido em 2 de março de 2006.)

(*) Revisão da interpretação mediúnica: Delano Mothé.




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: