Espírito Eugênia-Aspásia

16 de janeiro de 2006
 

Mensagem de Ano Novo (*).

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Eugênia.

Nos pródromos do “ano novo”, pensemos que, para criarmos um preâmbulo de uma nova era em nossas vidas, mister se faz nos capacitemos a reflexionar com profundidade, em cada instante vivenciado. Facilmente nos acostumamos, quando encarnados, a viver automaticamente, reagir de modo mecânico, responder por fórmulas prontas, tentar equacionar questões completamente novas com paradigmas muitas vezes obsoletos.

Neste “ano novo” que se inicia, compenetremo-nos da necessidade de exercitar a consciência lúcida, não mais nos acomodando a uma consciência embotada nos processos de condicionamento psicológico que amesquinham e a tornam, portanto, menos capaz de fazer escolhas adequadas ao contexto evolutivo que lhe é próprio.

Esforcemo-nos para tanto, orando e meditando mais, estabelecendo preces e meditações como prática diária, como também a leitura de obras de cunho espiritual-esotérico ou psicológico de profundidade, que nos ofereçam subsídios para compreendermos, com mais abrangência e clareza, as situações dúbias, complexas e quantas vezes múltiplas que enfrentamos no dia-a-dia – nós também, desencarnados, inclusos nesta categoria humana de vivências caóticas (esta palavra usada na acepção técnica da “ciência do caos”: de uma ordem mais complexa, implicada na complicação desordenada aparente, na superfície da primeira observação de um dado fenômeno ou evento.)

Entendamos que a vida existe para complexificar, expandir e aprofundar a consciência e seu poder de avaliação e de ser, e, por conseguinte, a capacidade de sentir, de valorar, de se transformar.

Diante dessas considerações, façamo-nos mais empenhados, determinemo-nos a fazer o nosso máximo em cada circunstância; e, sendo assim, estaremos fazendo a escolha melhor, como aquela proposta pelo Rei Salomão, ao ser interrogado pelo espírito Javé, guia do povo israelita: “Que queres que te dê?” Respondeu ele, então: “Sabedoria”. Redargüiu Javé: “Porque pediste sabedoria e não outras coisas, receberás a sabedoria e tudo mais”. Vindo a ser Salomão, com isto, o mais próspero e o mais poderoso de todos os rei israelitas, além do mais sábio, como asseveram as tradições bíblicas.

Façamos nós, outrossim, de nossa parte, a opção pelo melhor, para que o demais nos seja acrescentado, como nos disse Jesus: “Buscai primeiramente o Reino dos Céus e sua justiça e o demais se vos acrescentará”.

(Mensagem recebida psicofonicamente, na reunião pública do Espaço Emes de 1º de janeiro de 2006 – realizada sempre aos domingos, às 19 h e 30 min.)

(*) Estamos tentando, mais uma vez, a pedido dos orientadores desencarnados, publicar psicografias inéditas também em feriados e fins de semana. Isto já aconteceu nestes sábado e domingo últimos. Se quiser acessar os textos que foram neles publicados, clique em “mensagens anteriores”, no campo superior esquerdo da interface deste sítio eletrônico.

(Nota do Médium)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: