Espírito Eugênia-Aspásia

13 de janeiro de 2005
 

Dieta do Espírito.

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Eugênia
.

Fala-se muito em dietas para o corpo. Vou hoje sugerir um regime para a alma, de extrema eficácia para o crescimento espiritual, para o bem estar íntimo, para a paz e a felicidade do indivíduo.

1) Reduza a ingestão de doces (leia-se caprichos atendidos): mimos excessivos acabam amolentando o caráter.

2) Evite a gordura (leia-se: tudo que sobrecarrega o organismo psíquico, como preocupação excessiva e trabalho em demasia): a gordura salva o desnutrido, como o trabalho resgata o relaxado, mas também ambos matam.

3) Procure fazer um balanceamento adequado dos cinco grupos capitais de alimentos, a fim de que possa estar bem nutrido, embora sem extravagâncias. Assim, as proteínas (o contato com Deus, por meio da prece e de uma vivência religiosa), os carboidratos (o amor e o relacionamento com os entes queridos), os lipídios (o trabalho e a tensão da responsabilidade), as vitaminas (o conhecimento) e os sais minerais (o lazer) devem estar perfeitamente dosados, para que se possa atingir a plenitude de uma vida realizada e feliz.

4) Exercite-se regularmente. Quem não vive seu ideal, quem não operacionaliza o propósito que o trouxe à Terra, está fadado à frustração, ao fracasso moral, à infelicidade.

5) Oferte-se repouso adequado. Busque o descanso da ausência de ambições desmedidas e do contato com seres mais velhos, mais experientes ou mais lúcidos, que possam apresentar sugestões e alertas relevantes a um melhor aproveitamento da jornada de crescimento e ascese.

Siga esta dieta e estará bem. Somente quem toma conta da alma com cuidado pode estar “leve” e “em forma” (curiosamente, a espiritualização torna o perispírito (*), literalmente mais leve, porque mais sutil), ao desencarnar, para adentrar o “paraíso” das freqüências astrais felizes. Quem chega, no “outro lado”da Vida, obeso e sedentário do espírito, estará em “péssimos lençóis”, tendo que entrar no SPA de regiões umbralinas de sofrimento ou, quiçá, tenha que ser sujeito a uma cirurgia de “redução de estômago” das reencarnações dolorosas, prenhes de carmas, de castrações compulsórias.

Você é quem sabe o que faz consigo.

(Texto recebido em 10 de janeiro de 2005.)

(*) Corpo do espírito, também chamado de corpo astral, corpo espiritual, corpo celeste, entre vasta nomenclatura, variando conforme cultura e época.

(Nota do Médium)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: