Espírito Eugênia-Aspásia

23 de dezembro de 2004
 

Termodinâmica da Vida (*).

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Eugênia.

Considerando o princípio da entropia (*1), podemos compreender que a desordem aumenta progressivamente, em todos os sentidos, e assim teríamos um universo como um grande apanhado de caos, angústia e desespero. O vazio e o nada nos estariam tomando por toda parte. Não haveria significação em nenhuma experiência. Não haveria finalidade, qualquer que seja, para as vivências ou realizações mais nobres do gênero humano ou de qualquer civilização superior à humanidade terrena, em qualquer ponto do Cosmos.

Entretanto, se consideramos que além dos princípios da termodinâmica, que regem os fenômenos do mundo material, existe a contraparte da sintropia (ou neguentropia) (*2), no domínio do espiritual ou mesmo psicológico das consciências, encontraremos, então, um propósito, uma base de compreensão para os problemas filosóficos mais acerbos e profundos, para as situações mais aparentemente desesperadoras, porque, dentro desta nova perspectiva, as dores, os dilemas, as dificuldades de toda ordem constituem, tão-somente, oportunidades mais preciosas (porque desafiadoras), testes mais amaros, a fim de que a criatura seja estimulada a desdobrar seus potenciais latentes, suas aptidões adormecidas (jazentes), no nível da inconsciência, trazendo-as à plenipotência da mente de vigília.

Se você hoje se sente enovelado em situação aparentemente insolúvel, medite com calma. Tranqüilizando sua mente, terá condições de enxergar o panorama em torno, com maior clareza, e, por conseguinte, deliberar com maior justeza e eficiência.

É possível, sim, que não encontre imediatamente a solução almejada. Mas é possível, também, que a solução que idealiza, em primeiro exame de sua conjuntura de vida, não venha a ser ideal para seu futuro – quem sabe nem mesmo um futuro longínquo, mas talvez bem mais próximo do que supõe.

A Divina Providência, muitas vezes, dificulta o fluxo de certas ocorrências desejadas por Suas criaturas não porque pretenda bloquear-lhes a felicidade, mas justamente pela inversa razão, já que, com o atraso provocado, permite que a gestação de acontecimentos muito melhores seja levada até o fim, a incubação perfeita de processos que demandam mais tempo, para serem devidamente elaborados.

Portanto, em se sentindo pressionado, numa “encruzilhada” da existência, considere que o Criador pode lhe estar fazendo esperar justamente para galardoá-lo com um acontecimento muito melhor do que aquele que você deseja receber agora, mas que, talvez, ainda que não possa perceber de pronto, não seja mesmo o ideal para sua felicidade.

(*) (Mensagem recebida pela psicofonia – método de comunicação mediúnica conhecido vulgarmente por “incorporação” -, pelo médium Benjamin Teixeira, em 21 de dezembro de 2004, em reunião mediúnica fechada, na sede do Projeto Salto Quântico. A esmagadora maioria das demais mensagens neste site foi recebida por meio da psicografia)

(Notas do Médium):

(*1) Segunda lei da termodinâmica que reza que a desordem tende a crescer na natureza.

(*2) Eis porque, no universo biológico, os organismos se complexificariam, nos processos evolucionais.




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: