Espírito Eustáquio

18 de setembro de 2004
 

Entre os Extremos.

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Eustáquio.

Queixa-te da canícula e do frio;
Do medo que frena e da intempestividade que desbraga;
Da mora que te aflige e da pressa que te confunde;
Da angústia que te oprime e da alegria excessiva que te enlouquece.

Pensa, porém, que não são os extremos que definem alguma coisa ou alguém, mas os pontos médios de equilíbrio entre ambos.

Assim, se queres lobrigar a essência de tua vida e tua alma, vê o padrão dominante entre os extremos opostos que os tipificam, e notarás, então, uma linha definidora de teu modo de ser, sentir e agir, ao menos no atual momento de teu histórico evolutivo.

(Texto recebido em 16 de setembro de 2004.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: