Banners de sabedoria

17 de setembro de 2004
 

Propedêutica do Complexo.

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Eugênia.

Por que você reclama dos problemas? Problemas são presentes de Deus, a oportunizar alargamento da consciência, flexibilização da mente, abertura de novos conceitos, reforma de valores, revolução de vida.

Obviamente, não se pode, nem se deve viver à base de crise sistemática, nem “à corda bamba” ou “apagando incêndios”, como se diz no aforismo popular. Todavia, sucessão de desafios, questões que surgem paralelas a outras, dificuldades em todos os flancos da vida constituem fenômenos naturais e mesmo desejáveis da vida, assim como é útil e bom que a criança ou o jovem sejam submetidos a exercícios e testes em sala de aula, na vida estudantil, para aferir e expandir o aproveitamento das lições.

Assim, quando se vir em meio a um torvelinho de questões complicadas, não se desespere, nem clame por Deus, como se estivesse relegado a abandono, pelas Potências do Cosmo, porque é bem provável que justamente agora esteja você sendo mais amparado que nunca, recebendo as benesses de mais acentuado acompanhamento do Divino, que lhe quer acelerar o progresso e lhe propiciar nível mais profundo de bem-estar.

Não seja infantil na avaliação da vida. Somente mentes muito embotadas podem supor que felicidade e progresso se obtêm com facilidades e favores da sorte. Quem tem um mínimo de esclarecimento do que seja ser humano tem conhecimento de que não é possível crescer sem sofrer, ser pressionado e estar continuamente sendo desafiado pelas contingências do caminho evolutivo.

Hoje, você pode estar sendo bafejado por maior “sorte”(leia-se: graça divina), ao ter a crise intensificada, nos corredores de sua existência. Parabéns! Você recebeu maior ministério de confiança, partindo para as lições mais avançadas, de quem já pode assimilar o mais complexo. Se você não estuda mais aritmética do ensino fundamental, superou a geometria do segundo grau e termina o aprendizado de cálculo estrutural da universidade, não pode reclamar de Deus e das Forças que O representam, por estar sendo introduzido à propedêutica da Física Quântica, porque, devendo receber congratulações, não deve esperar muita iniciativa de consolação.

(Texto recebido em 12 de setembro de 2004.)

Originalmente, esta mensagem esteve no ar, no site, até as 4 h da madrugada desta última quinta-feira, 16 de setembro, sendo substituída pelo módulo 11 do Curso: “Felicidade e Espiritualidade na Era das Modernidades”, a respeito de “Bem-Estar Físico”. Você pode acessar esta última clicando em “mensagens anteriores”, no canto esquerdo de seu monitor, selecionando-a em seguida.




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: