Espírito Eugênia-Aspásia

31 de outubro de 2002
 

Carta à Discípula Aplicada (*).

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Eugênia.

Quero passar uma mensagem para (…).

Diga a ela que estou muito feliz de que tenha superado hoje o padrão de ontem. Sim. Ela acordou melhor hoje. Mas, mais do que propriamente acordar-se bem, ela acordou determinada a estar bem. Foi ao colégio, espalhou sorrisos e amor, e, mais que tudo, esteve atenta às necessidades e carências de seus coleguinhas, tentando supri-las, dentro do que julgava possível.

Quero registrar aqui meu apoio e alegria por estar nessa fase feliz, sugerindo que envide todos os esforços no sentido de não permitir soçobrar a nau desse novo padrão de consciência.

Esteve agora pensando em acabar a amizade com uma querida alma ligada à sua. Diga a ela que isso é um absurdo, no que tange a de fato fazer rupturas abruptas. Que até deixemos de alimentar intimidades, mas que nunca nos afastemos bruscamente daqueles que se alimentam da linfa do nosso afeto, permitindo que sofram o processo do desmame, além de não terem afetada, diretamente, sua auto-estima já normalmente tão comprometida pelos ataques da vida no mundo terreno, almas já tão feridas que são e mal-cicatrizadas por tantas injúrias afetivas.

Por fim, quero que se sinta ligada a mim e nunca só, porque Deus nunca nos abandona, fazendo com que teçamos laços de amor e de compromisso além, muito além da morte do corpo.

Eugênia.
Aracaju, 30 de outubro de 2002.

(*) Caso não haja lido, para entender melhor os critérios de envio de mensagens mediúnicas de cunho pessoal, oriundas da Espiritualidade Superior, bem como, em particular, das que são captadas por minhas limitadas possibilidades psíquicas, leia o artigo publicado como mensagem do dia 26 de outubro de 2002, para isso clicando em “mensagens anteriores”, no canto superior esquerdo da tela de seu computador.

(Nota do Médium).




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: