Espírito Eustáquio

9 de setembro de 2002
 

Na Hora da Solidão Espiritual (*).

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Eustáquio.

Procuras, sequioso de compreensão, a palavra de conforto, o apoio seguro, em teus amigos espirituais.

Sabes, contudo, que nem sempre contarás com o auxílio direto dos amigos do mundo invisível, carente que és de exercício de tuas faculdades espirituais próprias.

A professora de alfabetização não poderá, à guisa de exercer ministério de amor, tomar a mão do discípulo pequerrucho, no momento de treinar a firmeza psico-motora, para o traço seguro da escrita.

Não aguardes, da mesma sorte, que Mentores Abnegados do Mundo Maior venham fazer por ti o dever de casa da evolução inadiável.

Assim, por diversas vezes, sentir-te-ás a sós, no escuro do quarto de amargas desilusões, para que retemperes teus valores e amadureças para a Vida Maior.

Não percas, porém, a fé, porque teus caprichos não foram atendidos. Cresce, para que possas estar devidamente gabaritado e receber o que vier do Alto como graça subida, ao passo que estejas sempre empenhado em se esforçar mais, melhorar-se mais e procurar acertar sempre mais, no rumo da perfeição.

Quando mais te sentes sozinho, amigos espirituais espreitam-te o passo, ouvindo-te os apelos agoniados, cheios de ternura e preocupação.

Quando te sentes abandonado de todos e principalmente de ti mesmo, nos desvãos reprováveis a que te confiaste, de negligência ou descaso, saibas que amigos incondicionais não te acusam de nada, diante de Deus e de tua consciência.

Renova, amigo, teu panorama íntimo. Altera agora essa atmosfera pestilencial a que te entregaste, e reafirma teu ideal de confiança e entrega a Deus, porque, em verdade, nunca estás a sós, apesar de, por vezes, isso tanto parecer. É que, nesses instantes singulares de dor suprema, de clara sensação de desamparo cósmico, segue o Senhor ao teu lado, invisível, sustentando-te a alma, por influxos dentro de ti mesmo, sem que notes, mas, também, sem que deixe de ser isso uma dramática e magnífica realidade!…

(Texto recebido em 8 de setembro de 2002.)

(*) Oito espíritos superiores dão seus pareceres sobre a família e implicações para missão existencial, na mensagem que entrou no ar um pouco tarde, nesse domingo, já ao meio dia. Confira clicando em “mensagens anteriores” e selecionando o dia.

Nota do Médium




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: