Espírito Matheus-Anacleto

18 de janeiro de 2002
 

O Centro.

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Anacleto.

 

Procure o Centro. A verdade está no caminho do meio, afirmou Buda. Não tome decisões sob a influência da periferia de sua psique; por fragmentos, aspectos de seu eu. Somente a totalidade do si pode englobar todas as múltiplas dimensões da alma, e essa totalidade está sediada no centro, no eixo que equilibra todos os pólos de opostos, todos os desejos e impulsos contraditórios, todas as tendências, traumas e aspirações, mas que tem também a programática profunda da transcendência e da sublimação.

Sempre que for fazer alguma coisa, principalmente quando se sentir confuso, angustiado ou sob efeito de paixões, pare por um instante, rápido que seja, e ouça o mais fundo de seu coração, e pergunte-se, com a máxima sinceridade, disposto a ouvir a verdade: Eu quero realmente isso? Notará, então, que, muitas vezes, estará sendo arrastado para certas condutas que não condizem com seus interesses, que estará sendo hipnotizado a desejar alguma coisa que, na verdade, não quer.

Quebre, então, com energia e determinação, a indução mental que lhe traga para o abismo de sua infelicidade e volte ao centro, onde tudo está sempre em paz, onde tudo é claro, onde a verdade está sempre presente. Não uma verdade plena, luminosa, perfeita, mas a sua verdade pessoal e a sua verdade do momento: a voz da paz, da sua consciência, da intuição mais profunda, a voz de Deus em seu coração…


(Texto recebido em 17 de janeiro de 2002.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: