Espírito Eugênia-Aspásia

4 de outubro de 2001
 

Errando.

Benjamin Teixeira
pelo espírito
Eugênia.

Você errou, e pretende desistir. Sente-se completamente inapto para o exercício de sua tarefa.

Recorde-se, porém, prezado amigo, de que a árvore de carvalho não surge já como uma fronde imponente e sim como minúscula semente, escondida no seio escuro da terra. Dessarte, se tem plena ciência de que cumpre sua parte, ouvindo a voz da consciência e seguindo-a, com esforço e persistência, não tenha dúvidas de que chegará onde deve, em tempo certo.

Seu objetivo não é dar espetáculos de excelência: é cumprir seu dever. A sua razão de ser não é ser um az, mas uma peça na grande engrenagem da vida, realizando os desígnios de Deus.

Renuncie, agora, a toda pretensão de infalibilidade. Aceite, plenamente, a condição de ser imperfeito. O erro acompanhá-lo-á ainda por muitos milênios, e somente em aceitando essa condição, poderá partir para a consideração da possibilidade de transcender-se mais rápida e solidamente.

(Texto recebido em 4 de outubro de 2001.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: