Banners de sabedoria

29 de maio de 2001
 

Quatro Regras para a Administração do Tempo

Benjamin Teixeira pelo espírito Eugênia.

Seja um bom zelador do seu tempo. Administre-o com critério, recordando-se de que, fundamentalmente, tempo e vida constituem sinonímias.

Há alguns elementos básicos para a boa gerência do tempo:

1. Priorize o essencial. Estabeleça as metas, os hábitos e as atividades que se lhe apresentam basilares, como o campo de sua vocação, a prece e a realização de compromissos assumidos.

2. Comece pelo mais importante. Muitas vezes, no medo inconsciente de enfrentar o capital, adia-se o axial, desenvolvendo-se, assim, o vício da procrastinação. Cuidado para não se encher de pequenas e numerosas funções, esquecendo-se do que mais lhe interessa à paz e à felicidade.

3. Comece pelo mais difícil. Depois de priorizar o mais importante, é o momento de dar preferência a fazer justamente o que exige maior disposição e esforço. Reserve as primeiras horas do dia, às tarefas a que oferece maior resistência. Mais tarde será sempre mais dificultoso.

4. Faça o que pode. Amiúde, à guisa de tudo se fazer, acaba-se por se fazer nada, desistindo-se de se fazer o pouco possível. Realize pouco do que considera necessário fazer, diariamente. Esperar fazer muito, de uma vez, mostrar-se-á inviável ou contraproducente. É mais fácil fazer-se mais, fazendo pouco sempre, do que fazer muito, em momentos especiais de disponibilidade de tempo – que se mostram raros.

Aplique essas regrinhas simples, no seu dia a dia, e terá muito êxito em atingir a meta de excelência na administração do tempo, possibilitando-se atingir seus objetivos existenciais.

(Texto recebido em 29 de maio de 2001.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: