Espírito Matheus-Anacleto

10 de abril de 2001
 

Reflexão Matinal – 19.

A verdade é complexa, mas é a verdade. Por isso, vem ao indivíduo em conta-gotas, no carreiro dos séculos, para que seja digerida a pouco e pouco, pelas delicadas engrenagens da mente.

Embora complexa, porém, a verdade não é complicada – é simples. É multidimensional, mas não emaranhada, como o emocional das pessoas supõe que seja.

Para simplificar, observe as energias do momento, as intuições que lhe chegam, sutis, bem como as sensações e problemas no corpo, que revelam o que não foi captado em nível mental. Impressões de desconforto ou tranqüilidade, angústia ou felicidade dizem-lhe algo. Para a boa leitura dessas impressões íntimas, que fazem ressonância com o mundo externo, imprescindível conhecer-se em profundidade, a fim de não confundir a projeção das próprias neuroses com a percepção de realidades objetivas.

Não se canse, assim, de estudar-se, com a máxima imparcialidade possível, de aprimorar suas percepções e introvisões espirituais, de orar e meditar continuamente. Somente assim você se candidata a errar bem menos e acertar muito mais.

Anacleto.

(Texto recebido pelo médium Benjamin Teixeira, em 9 de abril de 2001.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: