Espírito Eugênia-Aspásia

13 de março de 2001
 

Momento de Desdouro.

Benjamin Teixeira pelo espírito Eugênia.

Descorado de tristeza, desiludido, cansado. Não sabe nem mais como enumerar a extensão de seus desgostos, quando trata de pensar no ideal que o inflama.

Para que não fique na mera e improfícua lamentação, considere alguns pontos essenciais, capitais para que se atinja o bom êxito:

1. Mera persistência não é o bastante. Urge também ter-se competência. Quando o produto tem baixa qualidade, não adianta apelar-se para o expediente de um jogo extraordinário de marketing, porque ele entra no mercado e bem, mas sai no dia seguinte, queimado-se e queimando seus idealizadores, sem cativar clientela; antes, repelindo-a.

2. Ainda considerando a qualidade do que se faz, mister se faz não ignorar os detalhes, sob pretexto de se concentrar no valor do conjunto. Sim, o essencial é a estrutura geral. Mas, assim como o dique que vem abaixo, por causa de frincha diminuta em suas paredes que faz ruir todo o paredão mastodôntico, o ousado projeto de realização pode ser completamente destruído por um detalhe insignificante, mas que se faz um detonador em cadeia das ligas da estrutura ciclópica.

3. Considere o insucesso como fase inevitável, necessária ao crescimento e mesmo desejável, a fim de que se adquira mais capacidade e segurança para alcançar os resultados esperados.

4. Lembre-se sempre de Deus, como base e núcleo para qualquer objetivo de vida. Se você ignora o fundamental, fica sem fundamentos, e tudo que faz esboroa, como um castelo de areia na praia, mais cedo, ou mais tarde. Deus é o centro de nossas vidas, e é assim que devemos considerar, no momento de fazer planejamentos para o futuro, consultando-Lhe a Vontade Soberana, a fim de que não rememos contra a maré invencível de Seus Desígnios.

Analise rapidamente esses tópicos e veja onde pode estar deficiente, tomando imediatas e eficazes providências, para corrigir os pontos dissonantes com o acerto, e o êxito naturalmente virá em seu encalço.

(Texto recebido em 11 de março de 2001.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: