Espírito Matheus-Anacleto

20 de fevereiro de 2001
 

A Base para Tudo.

Benjamin Teixeira
pelo espírito Anacleto.

Você não terá ganho seu dia: terá ganho sua vida, se estabelecer, agora, o império absoluto da disciplina. Nada é mais importante que isso. Com ele, o demais virá por conseqüência, numa questão de tempo.

Feito isso, não dê espaço a dúvidas, desânimos ou quaisquer argumentações que surjam de momento. Sacrifique o momento pelo permanente. Estabeleça um padrão inamovível de verdade, um padrão absoluto de controle sobre si, no campo do mínimo inegociável, sem quaisquer vacilações.

Não se preocupe com aspectos secundários, que distraem – preocupe-se com a matriz das questões. Concentrando-se na raiz dos problemas, os frutos, naturalmente, serão alterados. Mantenha a mente enfocada na manutenção do fundamental, e o conseqüente será preservado.

Se aguçar a mente, observará que todos os seus problemas e sofrimentos, remontando às primeiras e reais causas, resumem-se a uma palavra: indisciplina. Sendo assim, estabeleça a disciplina, de modo tão pleno quanto lhe seja possível, e tudo mais será resolvido em sua existência.

Estude-se, veja o que realmente é viável, o que é coerente com sua estrutura de ser e sentir, conforme o atual nível de evolução que ostenta, e, depois de estipulado o mínimo indiscutível do necessário, a base de verdade e vida para si, siga-a, com total rigor, sem permitir uma única concessão, sejam quais forem os argumentos ou as circunstâncias. Sofra por um momento, se necessário, mas não se sentencie à desgraça, para sempre.

É possível, sim, a revisão desses postulados de auto-controle, mas apenas em momentos sérios de reflexão, e não em instantes de tentação. Não estando numa dessas ocasiões de recolhimento e meditação, não se admita reformular ou mesmo burlar as regras do essencial: estará furando-as – suicídio moral.

O que está faltando em termos de oração, estudo, busca de realizar seus ideais ou cuidados com o corpo? Discipline tudo isso, nos níveis mínimos do tolerável, nos níveis máximos do sustentável, e nunca mais lhe saia dessas trilhas de equilíbrio e de vida.

Medite bem nas conseqüências de não se submeter à disciplina. Sem disciplina, a vida se inviabiliza, em todos os sentidos. Claro que o caos e a criatividade, interligados, têm seu papel na ordem das coisas, mas para gerar níveis mais altos de ordem e não para desordenar.

Esforce-se no capítulo do axial e inadiável, e o resto lhe será acrescentado. Como disse Jesus: Buscai, primeiramente (não se preocupe com outras coisas antes disso), o Reino dos Céus (a felicidade) e sua Justiça (por meio da disciplina) e o demais se vos acrescentará (e tudo mais em sua vida será resolvido).

(Texto recebido em 19 de fevereiro de 2001.)




Cadastre-se e receba mensagens por e-mail: